quinta-feira, novembro 26, 2020

‘O procedimento está previsto’, diz Anvisa sobre pausa no teste de Oxford

A notícia de que os estudos com a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade Oxford em parceria com a AstraZeneca foram interrompidos surpreendeu o mundo na terça-feira, 8. A vacina é uma das mais adiantadas na fase de testes clínicos e considerada uma das mais promissoras na prevenção da doença, embora ainda não existam dados de eficácia. A decisão foi tomada de forma voluntária pela farmacêutica britânica, que coordena os testes clínicos do produto no mundo todo, para avaliar a segurança do produto após um voluntário apresentar um evento adverso grave.

Na edição da semana: a importância das reformas para a saúde da economia. E mais: os segredos da advogada que conviveu com QueirozVEJA/VEJA

Embora o anúncio tenha chocado e preocupado o mundo, especialistas e agências regulatórias garantem que o procedimento é completamente normal. Em comunicado publicado nesta quarta-feira, 9, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que “este tipo de procedimento está previsto no desenvolvimento de vacinas, uma vez que esses estudos têm justamente o objetivo de confirmar a segurança e a eficácia das vacinas”.

A AstraZeneca decidiu suspender temporariamente o estudo para que um comitê de independente possa avaliar se um “evento adverso grave observado num voluntário no Reino Unido” está associado à vacina.

No Brasil, a Unifesp, que está à frente dos testes realizados em São Paulo com 2.000 voluntários, disse na terça-feira que “o estudo avança como o esperado” no país e muitos dos voluntários já receberam a segunda dose. “Até o momento não houve registro de intercorrências graves de saúde”, disse a universidade. A constatação foi confirmada pela Anvisa. A agência reiterou nesta quarta-feira, 9, que “no Brasil, não há relato de eventos adversos graves em voluntários”.

A pausa significa que temporariamente estão suspensas novas aplicações de vacina, de acordo com informações da Unifesp. Mas “o acompanhamento dos voluntários segue permanentemente”. A previsão é que os estudos sejam retomados na próxima semana.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Dário Saadi promete construir dez novas creches e oito escolas em tempo integral em Campinas

Candidato do Republicanos à prefeitura visitou o Centro de Educação Infantil 'Lídia Maselli',...

Rafa Zimbaldi promete expandir 'Bom Prato' para dois distritos e criar versão municipal do restaurante popular

Candidato do Partido Liberal (PL) à prefeitura visitou unidade de Campinas nesta quinta (26). Ele também se encontrou...

VÍDEOS: EPTV 2 região de Campinas desta quinta-feira, 26 de novembro

Assista aos vídeos das reportagens. Assista aos vídeos das reportagens.

Campinas cria em outubro maior número de vagas formais em oito anos, mas saldo segue negativo com perdas de março a julho

Metrópole abriu 3,3 mil postos de trabalho, mas acumulado no ano indica perda de 9 mil. Dados foram...

Polícia aponta PM de São Paulo como 4º suspeito de matar bicheiro no Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou, nesta quinta-feira, 26, o nome do quarto suspeito de participar da emboscada contra o bicheiro Fernando...
- Advertisement -