sábado, novembro 28, 2020

Covas libera retorno de aulas no ensino superior

Nesta quinta-feira, 17, o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, anunciou a liberação da retomada das aulas presenciais do ensino superior a partir de 7 de outubro. Ainda não há previsão para o retorno das aulas do ensino médio e fundamental público e privado no município. Mas, atividades extracurriculares oferecidas pelas escolas poderão ser realizadas presencialmente, também a partir de 7 de outubro.

A decisão foi amparada pelos resultados de inquérito sorológico realizado em adultos que moram na cidade de São Paulo e em 6.000 estudantes de unidades de ensino públicas e privadas, de todos os níveis encolares, localizados no município. Os resultados mostraram que, entre os adultos, 13,9% dos paulistanos apresentam anticorpos contra a Covid-19.

Entre os estudantes, a prevalência foi de 16,5%. O índice foi mais alto em alunos das redes estadual (17,2%) e municipal (18,4%), em comparação com a rede privada (9,7%). A principal preocupação da prefeitura é que a taxa de assintomáticos é significativamente mais alta entre crianças e adolescentes do que entre adultos: 66% contra 40%. Em estudantes da rede privada, a taxa é de 70%.

Segundo Covas, esses dados demonstram que a retomada do ensino superior é segura. Entretanto, o mesmo não acontece para o ensino fundamental e ensino médio. “É importante ressaltar que é muito grande a preocupação da prefeitura por conta dos estudos apresentados e das recomendações da nossa área de saúde e da vigilância sanitária com a questão da volta às aulas. Estamos falando de um contingente de 2,5 milhões de alunos. A proporção de assintomáticos é bem maior entre as crianças do que quando comparado aos adultos, basicamente 70% e 40%, respectivamente. A possibilidade e o receio de um segundo pico da doença caso essa atividade volte de forma integrada na cidade de São Paulo, de uma hora para outra. É preciso modular e ter a devida precaução com a saúde, não apenas dos nossos alunos, mas dos professores e familiares”, disse Covas em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira, 17.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Eleições 2020: urnas eletrônicas são levadas para locais de votação em Campinas

No total, 2,2 mil equipamentos foram levados para as 263 seções da metrópole...

VÍDEOS: EPTV 1 região de Campinas de sábado, 28 de novembro

Veja as reportagens das regiões de Campinas e Piracicaba. Veja as reportagens das regiões de Campinas e...

Caminhão arrasta fios e deixa moradores sem internet em rua de Campinas

Acidente aconteceu na Rua Frederico Ozanan. Telespectadores enviaram imagens à EPTV. Um caminhão arrebentou cabos de rede...

Transporte público, colégios eleitorais e regras: tudo o que você precisa saber para votar no 2º turno em Campinas

Eleitores que não foram às urnas no primeiro pleito podem votar neste domingo (29). Segurança será feita por...

“Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos”, diz presidente da Whirlpool

A Whirlpool (W1HR34), assim como outros fabricantes de geladeiras, fogões e lavadoras, vivem um boom de vendas. Nas três fábricas da companhia – em...
- Advertisement -