segunda-feira, novembro 23, 2020

CoronaVac: testes com 50 mil voluntários indicam segurança da vacina

Produzida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo, a CoronaVac é atualmente uma das vacinas mais promissoras em desenvolvimento para a Covid-19 e agora conquistou mais uma etapa importante. Testes feitos com 50 mil voluntários na China mostraram que o imunizante é seguro e não apresentou efeitos colaterais importantes — 3% dos participantes sentiram dor leve no local de aplicação e 0,2%, estado febril.

LEIA TAMBÉM: Mutações do novo coronavírus podem deixar a Covid-19 mais leve?

No início de setembro, o estudo clínico com a vacina desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca em colaboração com a Universidade de Oxford, chegou a ser suspenso por alguns dias após um voluntário ter apresentado um sintoma grave neurológico ao longo dos testes.

 

No Brasil, até agora foram 6 mil homens e mulheres testados com a vacina chinesa, também sem efeitos adversos. A Coronavac ainda induziu a produção de anticorpos em 98% dos voluntários.

Leia esta semana em VEJA: os desafios da retomada das aulas nas escolas brasileiras. E mais: Queiroz vai assumir toda a responsabilidade por ‘rachadinha’VEJA/VEJA

O Butantan criou uma logística que o faz estar preparado para o momento em que os resultados finais sobre a eficácia do imunizante estiverem prontos. A previsão é que na primeira quinzena de outubro cheguem da China 11 milhões de doses ao instituto. Destas, 5 milhões estarão já envazadas e mais 6 milhões serão processadas aqui. Mais cerca de 40 milhões de doses estão previstas para chegar até dezembro. Até fevereiro, serão 60 milhões no total.

A produção da CoronaVac deverá crescer exponencialmente. Uma das empresas mais ricas do planeta, a chinesa Alibaba, anunciou que investirá nos estudos do imunizante.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Campinas tem 56,8% dos leitos de UTI Covid ocupados; taxa é de 75% no SUS Municipal nesta segunda

Balanço aponta ampliação no número de internados na rede municipal e aumento de...

Estudo rejuvenesce células de idosos em 25 anos

Em um estudo inovador, cientistas da Universidade de Tel Aviv relataram ter revertido o processo de envelhecimento. O método escolhido pelos pesquisadores foi a...

Ex secretário de Educação de Witzel vira estagiário de corretor

A vida não está fácil para ninguém. Demitido há pouco mais de dois meses do governo do Rio após ser preso em uma operação...

Dados de vacina AstraZeneca/Oxford levantam dúvidas entre analistas

Resultados de um estudo da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca e Universidade de Oxford receberam avaliação negativa de pelo menos um analista...

‘Estrelas da universidade’: filhotes de seriema encantam alunos e professores na PUC-Campinas

Fotos e vídeos dos animais ganham destaque nas redes; especialista explica importância da espécie em ambientes assim. Filhotes...
- Advertisement -