quarta-feira, novembro 25, 2020

Vacina chinesa: Principal etapa termina no Brasil

Os estudos com a vacina chinesa CoronaVac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo, atingiram uma etapa importante no país. Os testes com os 9 mil voluntários foram concluídos. Não houve efeitos colaterais importantes e a produção de anticorpos foi positiva. O resultado, que deverá se anunciado até o fim desta semana, ratifica a segurança do produto.

Os trabalhos com a CoronaVac começaram no país em julho, com voluntários preferencialmente da área da saúde. Agora, na segunda etapa já aprovada pela Anvisa, serão incluídos mais 4 mil pessoas. Desta vez serão aceitos grupos com diferentes perfis, como aqueles já infectados e com idade acima de 60 anos.

Recentemente, duas pesquisas clínicas com outros imunizantes foram suspensos por problemas com a segurança: do laboratório Astrazeneca em parceria com a Universidade de Oxford e do grupo Johnson & Johnson.

Produzida pelo laboratório chines Sinovac, a CoronaVac é uma das vacinas mais promissoras para a Covid-19. Ela é inativada, ou seja, contém apenas fragmentos do vírus inativos.

 

 

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Pode Perguntar: Agora a fila do INSS vai acabar?

Especialista Hilário Bocchi Junior explica acordo com o Ministério Público Federal e novos...

Eleições 2020: PM amplia efetivo em 20% para segurança em Campinas durante segundo turno

Dário Saadi (Republicanos) e Rafa Zimbaldi (PL) disputam o cargo de prefeito e metrópole tem 843,4 mil eleitores...

A estratégia de Covas no segundo turno: armas guardadas

Bruno Covas deve manter o tom do primeiro turno e evitar a pancadaria contra Guilherme Boulos, em franca ascensão nas pesquisas. A entrada do PT...

Eleições 2020: veja agenda de campanha de Dário Saadi e Rafa Zimbaldi nesta quarta (25)

Candidatos disputam cargo de prefeito de Campinas (SP) e 2º turno será no próximo dia 29. No 1º...

Covid-19: Rio anuncia megatestagem da população e não fecha comércio

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, descartou o fechamento do comércio como medida para frear o aumento de contaminação pela Covid-19 e...
- Advertisement -