sexta-feira, maio 20, 2022

Bolsonarismo não pode mais atacar o PT por causa de dinheiro na cueca

Ao esconder quase 20.000 reais nas nadegas e adjacências, o agora ex-vice-líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), tirou do bolsonarismo o seu mais clássico bordão sobre a corrupção petista.

O dinheiro na cueca do assessor do deputado José Guimarães (PT-CE), que entrou para a lista de casos memoráveis da corrupção no país, parece agora até civilizado, diante da “inovação” produzida pelo bolsonarista Rodrigues. Diz um ministro do governo: “Foi um absurdo. Ele conseguiu superar o petista que tinha dinheiro na cueca”.

O jogo de esconde com notas na cueca, como se vê, agora está empatado, com leve vantagem ao bolsonarismo pela profundidade do caso atual.

Ultimas Notícias

Rodrigo Garcia: saiba mais sobre a trajetória do atual governador de São Paulo

Você sabia que, desde o primeiro dia de Abril de 2022, com a saída do ex-governador João Dória, Rodrigo...
- Advertisement -spot_img