quarta-feira, dezembro 2, 2020

Ministro da Justiça vai a Goiás fazer lobby por advogado no TJ

Ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, André Mendonça provocou surpresa ao aparecer em Goiânia nesta sexta com o advogado Augusto Ventura a tira colo para uma conversa com o presidente da OAB de Goiás, Lúcio Flávio Siqueira.

O ministro explicou que estava ali para falar em favor do advogado de Anápolis, que postula uma das vagas na lista sêxtupla do Quinto Constitucional para desembargador do TJ goiano.

Como Mendonça, Ventura é “terrivelmente evangélico” e amigo de outra figura do governo Bolsonaro, a ministra Damares Alves.

Como se sabe, a OAB fecha uma lista de seis nomes de advogados que serão indicados ao TJGO. Depois, os magistrados do tribunal escolhem três desses seis nomes para enviar ao governador Ronaldo Caiado, que indica o novo desembargador.

ATUALIZAÇÃO, 21H16 — A assessoria do ministro entrou em contato com o Radar para registrar que o tema da indicação não foi abordado por André Mendonça na reunião com Ventura e o presidente da OAB.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Justiça nega recurso a vereadora de Monte Mor condenada por cobrar parte de salário de assessor

TJ-SP decidiu pela manutenção da perda dos direitos políticos e o ressarcimento dos...

Polícia Civil busca identificar envolvidos após homem ser arrastado por segurança da rodoviária de Campinas

Estado informou que caso não foi registrado, mas policiais começaram diligências na região. Mulher flagrou o momento em...

Covid: com 100% da UTI do Haoc lotada e sem profissionais parar abrir mais leitos, Indaiatuba contrata vagas em Campinas

Prefeito fez alerta sobre gravidade da doença na cidade em live nesta terça-feira (1); Secretaria de Saúde determinou...

MP denuncia à Justiça morador de condomínio em Valinhos que fez ofensas racistas a entregador

Promotora também pede condenação de Matheus Almeida Prado por danos morais. À época em que caso veio à...

Barroso determina que governo proteja os índios contra a pandemia

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, determinou em decisão que o governo instale, em 48 horas, barreiras sanitárias em três terras indígenas para...
- Advertisement -