segunda-feira, novembro 30, 2020

Homem que passeava com pitbull antes de cão atacar mulher diz que foi acidente, informa polícia


Suspeito foi detido e prestou depoimento no 10º de Campinas nesta terça; segundo investigador, ele alegou que animal é da irmã. Vítima precisou passar por cirurgia e recebeu enxerto. A Polícia Civil de Campinas (SP) ouviu no fim da tarde desta terça-feira (20) o homem que passeava com um cão da raça pitbull que atacou uma mulher de 40 anos, que precisou passar por uma cirurgia no rosto. Segundo um investigador, o suspeito alegou que o animal pertence a irmã e que tudo foi um acidente. Ele e um primo foram liberados.
O suspeito deixou a delegacia sem dar entrevistas. Ainda segundo o investigador do 10º DP, onde o caso foi registrado, a Polícia Civil chegou aos dois homens após uma denúncia de que eles estavam novamente na praça, no Jardim Carlos Lourenço, onde houve o ataque na noite de segunda-feira (19). A dupla foi detida e levada à delegacia para prestar esclarecimentos por cerca de uma hora.
À Polícia Civil, o suspeito teria informado que tem o costume de passear com o cão da irmã e que, ao sair com o animal, a focinheira estava quebrada, por isso teria utilizado apenas coleira e guia.
Ainda de acordo com o investigador, o homem alegou que o cachorro teria se assustado com a bola que pessoas jogavam na praça, e acabou se soltando e mordendo a vítima.
O caso foi registrado como omissão na condução/guarda de animais, que prevê pena de 10 dias a dois meses de detenção, além de multa, em caso de condenação.
Suspeito de ser o dono do pitbull que atacou mulher em praça de Campinas (SP) prestou depoimento nesta terça (20)
Daniel Mafra/EPTV
Ataque gravado
Imagens do ataque foram registradas por uma câmera de segurança [veja vídeo acima]. Fabiana Gomes conta que ela, a irmã, uma cunhada e uma professora de educação física estavam na praça praticando exercícios. Quando deitaram no chão, o animal apareceu e agarrou seu cabelo. Com o susto, ela sentou e o cão a mordeu na bochecha.
“Pela agressividade do cachorro, se fosse uma criança era para matar”, relata Fernanda, irmã da vítima.
A irmã da vítima contou ainda que, no momento do ataque, a cunhada dela deitou sobre o pitbull e a professora, Mirella Lopes, começou a puxá-lo pela coleira. Depois de conseguir afastar o cachorro, elas levaram a mulher para o Hospital Vera Cruz.
De acordo com o boletim de ocorrência, o dono foi embora sem prestar socorro. “Ele veio supertranquilo. Na hora que ele [suposto dono] chegou, eu passei a correia e ele meio que pegou com medo. Parecia que ele estava com medo do próprio cachorro. Se ele estava assim, ele sabe muito bem da capacidade de agressão dele e do que ele poderia fazer”, diz Mirella.
A mulher chegou ao hospital consciente, mas estava em estado de choque, segundo a irmã. Ela passou por um procedimento de limpeza e reparo das lesões no rosto com enxerto, por ter perdido pele e carne. A intervenção cirúrgica correu bem e nenhum músculo foi afetado.
Fabiana conta que precisa esperar um prazo de cicatrização do enxerto para verificar qual a sequência do tratamento. Ela narra que está com dificuldade para se alimentar com alimentos sólidos.
Mulher é mordida no rosto por cão da raça pitbull na Praça Jardim Carlos Lourenço, em Campinas (SP).
Reprodução/Bom Dia Cidade

Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Rombo nominal do setor público em doze meses supera R$ 1 trilhão pela 1ª vez na história

Pela primeira vez na história o setor público brasileiro registrou um rombo nominal superior a R$ 1 trilhão. Dados...

Rússia inicia processo de vacinação com Sputnik V em Moscou

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira (30), o governo russo anunciou que iniciará a vacinação da sua população com a Sputnik V, vacina desenvolvida por...

Lagarta colorida e ‘disfarçada’ de cobra é flagrada na cidade de Morro Agudo (SP)

Fabiana Montalvão se surpreendeu com o flagrante e com a estratégia do animal. Xylophanes pluto é uma...

Coronavírus: Campinas tem mais três mortes e total vai a 1.373; casos positivos chegam a 43.043

Balanço divulgado nesta segunda-feira (30) mostra mais 349 registros positivos da doença. Campinas soma 1.373 mortes por Covid-19 Carlos...

Sem provas, bolsonarista preso por ataques à democracia e STF mira o TSE

É extensa a lista de malfeitos e de acusações contra o militante bolsonarista Renan Sena. Ele já foi preso por ataques a ministros do...
- Advertisement -