quarta-feira, dezembro 2, 2020

Rede de supermercados abre 170 vagas de emprego em quatros cidades da região de Campinas


Oportunidades não exigem experiência e são para Campinas, Indaiatuba, Valinhos e Vinhedo. Veja como se candidatar. Rede de supermercado Carrefour está com 170 vagas abertas para as cidades de Campinas, Indaiatuba, Valinhos e Vinhedo.
Regis Duvignau/Reuters
A rede de supermercados Carrefour abriu 170 vagas de emprego nas cidades de Campinas (SP), Indaiatuba (SP), Valinhos (SP) e Vinhedo (SP). As oportunidades são para trabalhar na cadeia de lojas e não há necessidade de experiência. Veja os cargos:
Agente de prevenção;
Recepcionista de caixa;
Vendedor (a);
Repositor (a);
Balconista;
Auxiliar de perecíveis;
Promotor (a) de serviços financeiros;
Padeiro (a);
Açougueiro (a);
Técnico (a) em manutenção;
Operador (a) de CD;
Farmacêutico (a).
O processo seletivo é online e a pessoa interessada deve fazer a inscrição pelo site. Além do cadastro, é preciso realizar alguns testes obrigatórios. Após uma análise feita pelo departamento de Recursos Humanos, a entrevista é marcada. Por conta da pandemia do novo coronavírus, a entrega dos documentos para a admissão também é feita virtualmente.
Benefícios
Os benefícios oferecidos pela empresa para os novos funcionários são:
Assistência médico-hospitalar e odontológica;
Convênio farmácia e ótica;
Cartão carrefour que oferece descontos para colaboradores;
Plano de previdência privada;
Seguro de vida;
Restaurante no local;
Vale-transporte.
Número de vagas por municípios
Campinas – 125 vagas
Indaiatuba – 20 vagas
Valinhos – 15 vagas
Vinhedo – 10 vagas
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

MPT-15 lança programa sobre inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho na região de Campinas

Lançamento do Reconecta ocorre nesta quinta (3) e sexta-feira (4), de forma virtual,...

Fenômeno raro é flagrado em coruja-buraqueira no RJ

O estudante de biologia João Pedro Salgado registrou a espécie com um dos olhos pretos; outros registros especiais,...

Redução do auxílio piora renda e mais pessoas caem na pobreza ou miséria

Cálculos do economista Daniel Duque, pesquisador da área de Economia Aplicada do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), mostram o peso...

Com fim do auxílio, desigualdade pode voltar aos anos 80

O fim do auxílio emergencial pode levar a desigualdade no país de volta ao patamar dos anos 1980. O índice de pobreza, situação de...

Covid-19: volume de vacinas ainda é insuficiente para atender o Brasil

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou hoje (2) que, apesar de haver competição para a produção e venda de vacinas contra a covid-19...
- Advertisement -