sexta-feira, dezembro 4, 2020

Chuva com vento de até 132 km/h provoca queda de árvores em Campinas


Maior velocidade do vento foi registrada no distrito de Barão Geraldo, em estação do Cepagri. Árvore caiu após chuva no Jardim das Paineiras, em Campinas
Luiz Felipe Longo / Arquivo Pessoal
Um temporal com rajadas de vento que chegaram a 132 km/h provocou a queda de galhos e pelo menos 11 árvores na tarde desta quinta-feira (29), em Campinas (SP). O balanço da Defesa Civil foi atualizado por volta das 17h30 e não há registro de feridos.
A maior velocidade do vento foi registrada pela estação do Centro de Pesquisas Meteorológicas da Unicamp (Cepagri), no distrito de Barão Geraldo, às 15h50. Isso ocorreu dez minutos após a estação registrar a temperatura mais elevada do dia, de 34,8º C, às 15h40.
Árvore caiu na região central de Campinas
Debora Cangussu Oliveira / Arquivo Pessoal
Após a chuva, entretanto, os termômetros do Cepagri indicaram 21,5ºC às 16h50.
Quedas de árvores (dados da Defesa Civil)
Rua Uriassu de Assis Batista, Loteamento Vila Esperança (região Norte)
Rua Dario Freire Meirelles, Chácara Campos dos Amarais (região Norte)
Rua Paulo Castro Pupo Nogueira, Nova Campinas (região Leste)
Rua Luíza de Mello Bueno, Parque das Universidades (região Norte)
Rua Doutor João Alves dos Santos, Jd. das Paineiras (região Leste)
Rua Ângelo Grigol, Chácara Santa Margarida (região Norte)
Rua Doutor Mário Monteiro, Vila Dutra (região Sul)
Rua Doutor Herculano Gouvea Neto, Vila Campos Sales (região Sul)
Avenida Jorge Tibiriça, Vila Joaquim Inácio (região Sul)
Rua Osvaldo Antônio Bossoni, Jardim Tamoio (região Sul)
Rua Jader Passos, Jardim Boa Esperança (região Leste)
Uma árvore também caiu na Avenida José Bonifácio, no Jardim das Paineiras. Um trecho da via chegou a ficar bloqueado, mas uma equipe da Emdec, responsável pelo trânsito em Campinas, já foi acionada ao local.
Quedas de galhos (dados da Defesa Civil)
Rua Doutor Carlos Mendes de Paula, Vila Iza (região Leste)
Rua Maísa, Parque Brasília (região Leste)
Rajadas de vento
De acordo com a meteorologista Ana Ávila, a velocidade média do vento não foi tão alta, apesar das rajadas terem chegado em até 132 km/h. “São picos máximos, são instantes. O sensor do Cepagri é sensível e acaba pegando esses valores muito altos”, explica.
Como efeito de comparação, no Aeroporto Internacional de Viracopos os ventos chegaram a 65 km/h às 16h10.
“Essa é uma situação comum em dias de muito calor. Além do mais, estamos com uma frente fria se aproximando. É bem típico dessa época do ano, pancadas de chuvas localizadas acompanhadas de temporais”, completa Ana.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Obras bloqueiam trechos da Zeferino Vaz em Campinas e Paulínia neste fim de semana

Interdições para obras de recuperação do pavimento ocorrem das 8h às 17h; veja...

Caixa abre 14 agências na região de Campinas para saques do FGTS e Auxílio Emergencial; veja lista

Funcionamento será das 8h às 12h deste sábado (5), em unidades de 12 municípios. Instituição diz que todos...

Filhote de cachorro-do-mato ferido é resgatado em distrito de Itapira, SP

Animal silvestre estava em uma vala, com uma das patas aparentemente fraturada. Retirada contou com a ajuda de...

E-commerce fatura R$ 7,72 bilhões com Black Friday e Cyber Monday em 2020

A Black Friday e a Cyber Monday movimentaram R$ 7,72 bilhões de quinta-feira, dia 26 de novembro, a segunda-feira, dia 30. O valor representa...

Anvisa muda texto de nota oficial e não garante aprovação da Sinovac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na tarde desta sexta-feira, 4, mudou o texto de uma nota oficial na qual indicava que a...
- Advertisement -