domingo, novembro 28, 2021

Bolsonarismo não pode mais atacar o PT por causa de dinheiro na cueca

Ao esconder quase 20.000 reais nas nadegas e adjacências, o agora ex-vice-líder do governo de Jair Bolsonaro no Senado, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), tirou do bolsonarismo o seu mais clássico bordão sobre a corrupção petista.

O dinheiro na cueca do assessor do deputado José Guimarães (PT-CE), que entrou para a lista de casos memoráveis da corrupção no país, parece agora até civilizado, diante da “inovação” produzida pelo bolsonarista Rodrigues. Diz um ministro do governo: “Foi um absurdo. Ele conseguiu superar o petista que tinha dinheiro na cueca”.

O jogo de esconde com notas na cueca, como se vê, agora está empatado, com leve vantagem ao bolsonarismo pela profundidade do caso atual.

Ultimas Notícias

Como descobrir boas ofertas da Black Friday?

A Black Friday, em tradução para o portufues, sexta-feira preta, é um dia no ano que muitas pessoas aguardam...
- Advertisement -spot_img