terça-feira, novembro 30, 2021

Covid-19: Doria autoriza abertura de museus, teatros e cinemas em SP

Nesta sexta-feira, 9, o governador João Doria autorizou a retomada de atividades de cinemas, teatros, museus e outros equipamentos culturais na região metropolitana de São Paulo e mais outras cinco regiões, totalizando 76% da população paulista neste novo regime. Esses endereços estavam fechados desde março quando foram estabelecidas as quarentenas para conter o avanço da Covid-19 no estado. A mudança começa a valer a partir deste sábado, 10.

Leia nesta edição: os planos do presidente para o Supremo. E mais: as profundas transformações provocadas no cotidiano pela pandemiaVEJA/VEJA

Como é tradicional em todas as decisões recentes em relação à flexibilização da quarentena, a reabertura é condicionada à decisão dos prefeitos de cada uma das cidades para onde o aval de funcionamento é concedido.

A reabertura estava prevista no Plano São Paulo, que organiza a flexibilização da quarentena por meio de indicadores epidemiológicos e de ocupação dos leitos hospitalares. Também progrediram para esta fase, a penúltima da escala, Campinas, Sorocaba, Piracicaba, Taubaté e a Baixada Santista.

A requalificação — ou seja, prazo de validade da decisão — é até 16 de novembro.  De acordo com Doria, os indicadores da pandemia melhoraram em SP. Portanto, as regiões que ainda estão na fase amarela poderão estender de 8 para 10 horas diárias o funcionamento de comércios e serviços. Os restaurantes poderão ficar abertos até as 23h, mas o serviço deverá ser encerrado às 22h.

Apenas Barretos está na fase laranja, com os piores indicadores de todo o estado. Todas as outras áreas estão nas fases amarelas ou verde.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Como descobrir boas ofertas da Black Friday?

A Black Friday, em tradução para o portufues, sexta-feira preta, é um dia no ano que muitas pessoas aguardam...
- Advertisement -spot_img