terça-feira, novembro 30, 2021

De BH a Ibiza: jato brasileiro do tráfico é interceptado em Portugal

Para driblar as restrições de voos comerciais por causa da pandemia do novo coronavírus, uma quadrilha brasileira resolveu comprar um jato para transportar cargas de cocaína à Europa. O caso foi descoberto pela Polícia Federal portuguesa na operação White Wing, que interceptou a aeronave no aeroporto de Lisboa, no início de outubro, com 170 quilos de cocaína – mercadoria avaliada em cerca de 40 milhões de reais pelo seu grau de pureza.

Conforme os registros, a aeronave realizou nos últimos meses voos a partir de Belo Horizonte, São Paulo, Ibiza, Faro e Lisboa.  Três brasileiros foram presos em flagrante. “As organizações são dinâmicas, multifacetadas, e têm uma grande capacidade de readaptação, e essa operação demonstra isso”, declarou o diretor da Unidade Nacional de Combate aos Entorpecentes, Artur Vaz.

A droga apreendida estava escondida em oito malas com o emblema “Fusca”. Os tripulantes se passavam por viajantes de luxo para driblar a fiscalização. Conforme informações publicadas na imprensa portuguesa, a aeronave tinha o registro de sede em Belo Horizonte e foi comprada em 2017 por 2,5 milhões de reais. Dinheiro, pelo jeito, não é problema quando se trata do tráfico internacional de drogas.

Ultimas Notícias

Como descobrir boas ofertas da Black Friday?

A Black Friday, em tradução para o portufues, sexta-feira preta, é um dia no ano que muitas pessoas aguardam...
- Advertisement -spot_img