quinta-feira, dezembro 3, 2020

A região do país que tem a maior simpatia pela vacina chinesa

Levantamento nacional do Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.000 entrevistados sobre o desejo de tomar a vacina chinesa, após a devida aprovação das autoridades sanitárias.

Segundo a pesquisa, o Nordeste, com 63,7% de respostas afirmativas, é a região com o maior índice de aceitação do imunizante no país.

Ironicamente, a região com maior rejeição ao imunizante, segundo a pesquisa, é o Sudeste, onde fica o berço das pesquisas, em São Paulo. Nessa região, 40,5% dos entrevistados afirmaram que não irão tomar o imunizante.

A vacina chinesa é mais aceita também entre os jovens: 64% dos entrevistados entre 16 e 34 anos afirmaram que irão tomar a CoronaVac. Já os brasileiros entre 45 e 59 anos foram os que apresentaram maior margem de rejeição ao produto: 41,1%.

Produzida pelo Instituto Batantan em parceria com pesquisadores da China, a CoronaVac está em fase avançada de desenvolvimento e deve ser liberada, segundo previsões do governador João Doria entre o fim desse ano e o começo do ano que vem.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Advogado ameaça Marcelo Bretas, juiz da Lava Jato no Rio, diz servidor

Um depoimento concedido à Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Polícia Federal expõe as entranhas da Operação Lava...

USP busca voluntários para testar vacina contra HIV

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) está buscando voluntários no Brasil para testar uma vacina contra o HIV. O estudo,...

Senado aprova redefinição do crime de denunciação caluniosa

O Senado aprovou nesta quarta-feira, 2, um Projeto de Lei que altera a definição do crime de denunciação caluniosa, como são chamadas as denúncias...

Finalista do 'Nobel da Educação', professora de Campinas diz que 'dividir o mesmo espaço físico não denomina inclusão'

Doani Emanuela Bertan atua no ensino bilíngue em libras e português e foi selecionada entre 12 mil inscritos,...

HC da Unicamp suspende internações e cirurgias eletivas com alta nos casos de Covid-19

Documento enviado aos professores, médicos, residentes e colaboradores informa que a adoção da medida ocorre até 9 de...
- Advertisement -