quarta-feira, dezembro 2, 2020

Dourado enche de cor águas do rio Apa (MS)


Região de fronteira entre Brasil e Paraguai é casa para o rei da água doce. Pescaria de dourados pelo rio Apa, no Mato Grosso do Sul.
Terra da Gente/Arquivo Pessoal
Na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, em terras sul-mato-grossenses, o rio Apa é um convite para a pescaria.
A equipe do TG está atrás da realeza da águas doce, o dourado. A espécie tem fama de gostar de águas rápidas e ganha proteção em certas áreas onde é proibido pescar.
A aventura mostra ainda que a quarentena mudou a vida de alguns pescadores esportivos que passaram a ir mais para o rio por conta do isolamento. Uma chance de se isolar de um jeito muito mais agradável, porém, sempre com saudade da família.
É o caso do construtor João Bueno, que gosta de ficar no mato, mas sempre com o coração apertado pela falta da família. A pescaria é uma oportunidade dele homenagear um dos filhos, a pequena Mariah.
Confira essa história de contato com a natureza no Terra da Gente deste sábado (07/11) a partir das 14h10, na EPTV.

Ultimas Notícias

Justiça nega recurso a vereadora de Monte Mor condenada por cobrar parte de salário de assessor

TJ-SP decidiu pela manutenção da perda dos direitos políticos e o ressarcimento dos...

Polícia Civil busca identificar envolvidos após homem ser arrastado por segurança da rodoviária de Campinas

Estado informou que caso não foi registrado, mas policiais começaram diligências na região. Mulher flagrou o momento em...

Covid: com 100% da UTI do Haoc lotada e sem profissionais parar abrir mais leitos, Indaiatuba contrata vagas em Campinas

Prefeito fez alerta sobre gravidade da doença na cidade em live nesta terça-feira (1); Secretaria de Saúde determinou...

MP denuncia à Justiça morador de condomínio em Valinhos que fez ofensas racistas a entregador

Promotora também pede condenação de Matheus Almeida Prado por danos morais. À época em que caso veio à...

Barroso determina que governo proteja os índios contra a pandemia

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, determinou em decisão que o governo instale, em 48 horas, barreiras sanitárias em três terras indígenas para...
- Advertisement -