sexta-feira, dezembro 4, 2020

Observações dos candidatos a prefeito de Campinas sobre o Jogo Eleitoral

Postulantes ao cargo puderam enviar um comentário de até 500 caracteres sobre as respostas dadas no game do G1. Os candidatos à Prefeitura de Campinas que participaram do Jogo Eleitoral do G1 puderam enviar um comentário de até 500 caracteres sobre as respostas dadas.
JOGUE PRIMEIRO (e depois veja abaixo os comentários dos participantes)
Todos os candidatos foram convidados a participar do game. Apenas Dário Saadi (Republicanos) se recusou.
O jogo é uma ferramenta criada para ajudar o eleitor a ver com qual candidato mais se identifica.
Para isso, foram elaboradas 10 afirmações levando em conta os temas mais importantes para a cidade. Cada candidato pôde mostrar seu nível de concordância com elas escolhendo uma das quatro opções: “discordo totalmente”, “discordo parcialmente”, “concordo parcialmente” e “concordo totalmente”.
O eleitor, por sua vez, responde às mesmas questões. Cada resposta dada pelo candidato (e pelo eleitor) tem um número: discordo totalmente (1), discordo parcialmente (2), concordo parcialmente (4) e concordo totalmente (5). A página calcula a diferença entre o número da resposta de cada candidato e o do eleitor.
Todos os pontos (as diferenças entre as respostas do eleitor e as dos candidatos) são somados. O candidato que apresentar o menor número de pontos é aquele cujas respostas mais se aproximam das do eleitor.
Confira os comentários enviados pelos candidatos (por ordem alfabética de nome de urna) em relação às afirmações:
Alessandra Ribeiro (PCdoB)
“No saneamento básico, nossa meta é a criação de uma usina de lixo para melhor atender a demanda. Já no transporte, acreditarmos que é necessário manter uma tarifa a preços menores para os usuários do transporte público. Já na habitação, a prioridade é para as famílias de baixa renda e/ou ocupantes em áreas de risco e/ou APP – Área de Preservação Ambientação”.
André von Zuben (Cidadania)
O candidato não enviou comentários.
Artur Orsi (PSD)
“Não vamos terceirizar a saúde, mas fazer parcerias com Unicamp e PUC; vamos reestruturar e enxugar a Sanasa; a Emdec será extinta e as funções vão para a Secretaria de Transportes. Vamos criar incentivos para pequenos e médios empreendedores, reduzir o IPTU e negociar débitos. Consultaremos escolas e moradores do centro sobre o Carnaval. Vamos abrir a caixa-preta do transporte, reduzir a tarifa de ônibus e exigir serviço de qualidade. Para revitalizar o Centro, faremos parcerias com a iniciativa privadas. Criaremos políticas para inserir moradores de rua de volta a sociedade.”
Delegada Teresinha (PTB)
“Na Educação, é preciso atender a população também em suas condições habitacionais, sanitárias e de nutrição, fatores considerados determinantes para a aprendizagem do aluno na escola e fora dela. A verba para a Saúde é a maior do orçamento. O que falta é gestão. A Água é um bem público, e assim deve continuar. A Emdec precisa retomar a sua função de alertar e Educar, e não a de somente lucrar com o trânsito. Soluções para o lixo urbano existem muitas. No Transporte público, é inadmissível que a empresa responsável pela bilhetagem seja a mesma responsável por operar o serviço. Isso precisa mudar”.
Dr. Hélio (PDT)
“Na saúde, o Complexo Hospitalar Ouro Verde precisa de uma administração própria, com representantes da comunidade acadêmica, supervisão da Prefeitura e representantes do Conselho de Saúde. No trânsito, defendo a implantação de bolsões de estacionamento púbico, preservando o quadrilátero central para pedestres e ciclistas. Política de incentivo fiscal para atrair empresas sinérgicas ao desenvolvimento aeroportuário. Imóveis abandonados devem servir também para famílias vítimas de despejo de aluguel”.
Edson Dorta (PCO)
O candidato não enviou comentários.
Laura Leal (PSTU)
“Uma alternativa socialista e revolucionária para Campinas! Governar via Conselhos Populares, onde os trabalhadores e o povo pobre decidam 100% das regras e orçamento. Taxar grandes fortunas e lucros, parar o pagamento da dívida e as isenções fiscais para os ricos, para poder investir no SUS, educação, lazer e cultura. Plano de obras públicas (saneamento básico, infraestrutura e moradia) para gerar mais empregos. Municipalizar o transporte e a coleta de lixo. Chega de dinheiro público para os bolsos da iniciativa privada! As necessidades de quem trabalha devem estar acima dos lucros!”.
Pedro Tourinho (PT)
“A prioridade será escola pública de qualidade; 2. A falta coordenação piorou o serviço, não faz sentido mantê-la. 3. Não serão privatizadas, continuarão públicas e ofertarão serviços de qualidade a tarifas menores. 4. Não é necessário, basta organizar a mobilidade. 5 e 8. Manifestações culturais serão tratadas com respeito e boa regulação. 6. A gestão dos resíduos será revista. 7. Nossa prioridade é estimular pequenos negócios e implantar a Renda Básica. 9. Vamos congelar tarifas e mudar a forma de concessão. 10. Imóveis abandonados serão recuperados para quem precisa de moradia.”
Prof Ahmed Tarique Agio
O candidato não enviou comentários.
Rafa Zimbaldi (PL)
“Representamos a mudança para Campinas, uma cidade que merece retomar o seu espaço e importância no Brasil. Queremos devolver a dignidade na Saúde, a qualidade na Educação, a confiança na Economia, o compromisso com a Habitação e o apoio para gerar Emprego e Renda. Melhorar a vida das pessoas é a nossa meta. Vamos trazer um Administração mais humanizada.”
Rogério Menezes (PV)
“1 Necessária consulta à comunidade
2 Mario Gatti e SUS juntos e com qualidade
4 Opção por transporte público de qualidade, ônibus confortável, menos poluente e mobilidade por bicicletas
5 Proibição do pancadão, com novas opções de lazer
7 Redução de impostos exige simulações, avaliação técnica e jurídica
8 “Pós pandemia”, não é prioridade retornar grandes eventos
9 Congelamento de tarifas, qualidade, nova metodologia de remuneração, reduzindo custos
10 Situação fiscal não permite desapropriações. Imóveis centrais abandonados para habitação social é tendência mundial”
Rogério Parada (PRTB)
“Afirmação 3: SANASA não deve ser privatizada, EMDEC deve ser desvinculada da secretaria de transportes.
Afirmação 6: O lixo deve ser reciclado e a sobra incinerada e não aterrada.
Afirmação 7: Há outras formas de ajudar VIRACOPOS.
Afirmação 8: É preciso verificar condições e adequar o centro antes de retornar com o Carnaval.
Afirmação 9: Este assunto precisa ser resolvido utilizando-se critérios técnicos apenas”.
Wilson Matos (Patriota)
“Detalhar os perfis dos candidatos e buscar identificação com os eleitores é importante, mas muitos dos temas levantados exigem estudo e debate com a comunidade, e vão muito além de concordar e discordar. O país está polarizado e mergulhado em brigas políticas. Cada situação merece um estudo específico. As respostas foram baseadas nas diretrizes do partido Patriota e no que for melhor para a população, independente de paixões ideológicas. O ideal é ter uma gestão técnica em todos os setores”.
Playlist: as promessas em vídeos

Ultimas Notícias

Obras bloqueiam trechos da Zeferino Vaz em Campinas e Paulínia neste fim de semana

Interdições para obras de recuperação do pavimento ocorrem das 8h às 17h; veja...

Caixa abre 14 agências na região de Campinas para saques do FGTS e Auxílio Emergencial; veja lista

Funcionamento será das 8h às 12h deste sábado (5), em unidades de 12 municípios. Instituição diz que todos...

Filhote de cachorro-do-mato ferido é resgatado em distrito de Itapira, SP

Animal silvestre estava em uma vala, com uma das patas aparentemente fraturada. Retirada contou com a ajuda de...

E-commerce fatura R$ 7,72 bilhões com Black Friday e Cyber Monday em 2020

A Black Friday e a Cyber Monday movimentaram R$ 7,72 bilhões de quinta-feira, dia 26 de novembro, a segunda-feira, dia 30. O valor representa...

Anvisa muda texto de nota oficial e não garante aprovação da Sinovac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na tarde desta sexta-feira, 4, mudou o texto de uma nota oficial na qual indicava que a...
- Advertisement -