quinta-feira, novembro 26, 2020

Eleições 2020: milhões gastos em campanhas aquecem economia da região em meio à pandemia


Levantamento mostra que nas cinco maiores cidades da área de cobertura da EPTV já houve a injeção de R$ 18 milhões com as campanhas. Eleições 2020: partidos gastam milhões com propaganda e geram empregos em vários setores
Em um ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, as campanhas eleitorais de candidatos a prefeito e aos cargos de vereadores ajudaram a aquecer a economia nas regiões de Campinas (SP) e Piracicaba (SP). Um levantamento da EPTV, afiliada TV Globo, mostra que R$ 18 milhões já foram injetados pelos partidos nas cinco maiores cidades de sua área de cobertura – veja números abaixo.
JOGO ELEITORAL: Qual candidato à prefeitura de Campinas tem mais a ver com você?
“As despesas com campanhas eleitorais elas acabam, sim, representando uma injeção de recursos interessante nesse final de ano, sobretudo quando levo em consideração o ano ruim em termos de desempenho econômico que nós estamos acompanhando ainda”, destaca o economista André Pellegrino.
O impacto positivo do período eleitoral inclui a contratação de temporários e de setores que estão relacionados com as campanhas, como o de gráficas, produtoras de vídeos e agências de publicidade, entre outros.
“Tem toda a parte de confecção de materiais impressos para as campanhas, tem produção de programas de rádio e televisão, isso é importante também, locação de espaços de trabalho para as equipes dos partidos, dos candidatos, e hoje tem também o advento das plataformas de marketing digital, que também representam uma injeção de recursos”, completa o economista.
Gastos com campanha até 9/11
Campinas: R$ 11.935.644,57
Limeira: R$ 1.881.914,80
Sumaré: R$ 1.755.277,98
Piracicaba: R$ 1.417.334,92
Indaiatuba: R$ 1.414.821,20
A manicure Sarah Silva diz que o rendimento com a campanha eleitoral ajuda a pagar as contas
Reprodução/EPTV
Nas ruas, o desfile de bandeiras com nome e número dos candidatos “esconde” uma atividade lucrativa em plena crise econômica. Há quem fale em uma remuneração de R$ 2,3 mil pelo serviço.
Trabalhando empunhando a bandeira de um candidato, a manicure Sarah Silva reforça que o dinheiro “é importante para pagar as contas, o necessário da casa”, mas que ela espera é que o resultado das urnas ajude a mudar o futuro dela e de tantas outras pessoas na mesma situação.
“Precisamos de um emprego, que não está fácil”, avisa.
Contratações na publicidade
Em uma produtora de Campinas, por exemplo, 12 novas vagas temporárias criadas diante da demanda das campanhas.
“Envolve toda a parte de filmagem e edição de todo o material que é utilizado na televisão e nas redes sociais. Todo dia tem captação nova, conteúdo novo, a demanda é muito grande”, explica Billy Moreira, diretor de cena.
Campanha eleitoral movimenta economia e amplia contratações em produtoras e agências de publicidade
Reprodução/EPTV
Cássio Botellho, CEO de uma agência, conta que além das contratações temporárias, permitiu que parte da equipe ganhe hora extra. “É muito legal, por que é um salário por período, uma demanda por período. Então, para esse período existe uma remuneração bastante legal”, diz.
Segundo Botelho, para uma parcela dos free lancers haverá um reflexo positivo do trabalho durante o período eleitoral. A expectativa é que pelo menos sete dos 22 profissionais contratados para a operação sejam absorvidos pela agência.
Playlist: as promessas em vídeos
Veja mais notícias das Eleições 2020 no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Dário Saadi promete construir dez novas creches e oito escolas em tempo integral em Campinas

Candidato do Republicanos à prefeitura visitou o Centro de Educação Infantil 'Lídia Maselli',...

Rafa Zimbaldi promete expandir 'Bom Prato' para dois distritos e criar versão municipal do restaurante popular

Candidato do Partido Liberal (PL) à prefeitura visitou unidade de Campinas nesta quinta (26). Ele também se encontrou...

VÍDEOS: EPTV 2 região de Campinas desta quinta-feira, 26 de novembro

Assista aos vídeos das reportagens. Assista aos vídeos das reportagens.

Campinas cria em outubro maior número de vagas formais em oito anos, mas saldo segue negativo com perdas de março a julho

Metrópole abriu 3,3 mil postos de trabalho, mas acumulado no ano indica perda de 9 mil. Dados foram...

Polícia aponta PM de São Paulo como 4º suspeito de matar bicheiro no Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou, nesta quinta-feira, 26, o nome do quarto suspeito de participar da emboscada contra o bicheiro Fernando...
- Advertisement -