quinta-feira, dezembro 3, 2020

Condenado na Lava-Jato, ex- diretor da Odebrecht apoia candidato do Psol

O executivo Alexandrino Alencar foi condenado a 15 anos e seis meses de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro no esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava-Jato. Ele era diretor de relações institucionais da Odebrecht e fazia o papel de ponte entre a maior construtora do país e o então presidente Lula e o PT.

Depois de passar um tempo na prisão em Curitiba, Alexandrino decidiu fazer delação premiada e contou em detalhes as traficâncias da Odebrecht envolvendo o Palácio do Planalto. Em troca de milionários contratos com o governo Lula, a empresa pagava propina.

Alexandrino voltou a dar as caras nas eleições municipais. O ex-diretor da Odebrecht doou 1000 reais para o candidato José Antonio Chinelato Zagato, um arquiteto que concorre a uma vaga de vereador em São Paulo pelo Psol. A doação de Alexandrino corresponde a 3,58% da arrecadação da campanha do psolista.

Ultimas Notícias

Colisão entre carro e poste deixa veículo partido ao meio em estrada de Amparo

O acidente aconteceu na madrugada desta quinta-feira (3), no km 45, da Rodovia João Beira. Motorista ficou...

Câmara de Campinas aprova projeto que define critério do valor venal usado na cobrança do IPTU

Proposta define valor venal como o 'preço de venda à vista em condições normais de mercado para o...

IBGE revisa alta do PIB de 2019 de 1,1% para 1,4%

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o Produto Interno Bruto (PIB) do ano de 2019 de alta de 1,1% para alta...

Tensão entre EUA e China aumenta e países trocam acusações

ROMA, 3 DEZ (ANSA) – Pouco mais de um mês antes da posse do novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a tensão econômica...

Acidente entre dois caminhões na Rodovia dos Bandeirantes deixa dois feridos em Campinas

A Autoban, responsável pelo trecho, informou que não houve interdição de faixa e reflexos no trânsito. Acidente...
- Advertisement -