quarta-feira, novembro 25, 2020

Pandemia faz número de entregadores de moto e bicicleta crescer 32% em Campinas


De acordo com associação, o total de trabalhadores do setor pulou de 5 mil em março para 6,6 mil atualmente. Nº de entregadores por aplicativo cresce 32% em Campinas durante a pandemia
A mesma pandemia do novo coronavírus que trouxe impactos para a saúde e economia, também foi responsável por impulsionar o mercado de entregas por delivery e, por consequência, do número de profissionais que ganham a vida sobre duas rodas. De acordo com a associação que representa o setor, em Campinas (SP) o total de entregadores de moto e bicicleta cresceu 32% na cidade.
Em março deste ano, antes do início das medidas restritivas da quarentena, o número de entregadores era de 5 mil. Atualmente, são 6,6 mil trabalhadores na função na metrópole.
Ainda segundo a associação, o aumento dos chamados motoboys foi de 11% – de 4,5 mil para 5 mil. Já a expansão dos entregadores de bicicletas chegou a 220% – de 500 para 1,6 mil.
“Tem pessoas que estão comprando moto para levar sustento para dentro de casa. Ele não é motoboy, tem outra profissão. Mas com a recessão, partiu para o aplicativo”, explica Reginaldo Alexandre Zafemena, presidente da associação de motoboys de aplicativo de Campinas.
Número de entregadores cresceu 32% em Campinas (SP) durante a pandemia
Reprodução/EPTV
Dono de um restaurante na cidade, Sérgio de Simone conta que viu no serviço de delivery uma saída para o negócio em meio a crise.
“Foi um salvaguarda para manter a chama acesa. Você se acostumar com o restaurante fechado, foi difícil. Os aplicativos foram uma salvação”, disse.
Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus
Arte/G1
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Pode Perguntar: Agora a fila do INSS vai acabar?

Especialista Hilário Bocchi Junior explica acordo com o Ministério Público Federal e novos...

Eleições 2020: PM amplia efetivo em 20% para segurança em Campinas durante segundo turno

Dário Saadi (Republicanos) e Rafa Zimbaldi (PL) disputam o cargo de prefeito e metrópole tem 843,4 mil eleitores...

A estratégia de Covas no segundo turno: armas guardadas

Bruno Covas deve manter o tom do primeiro turno e evitar a pancadaria contra Guilherme Boulos, em franca ascensão nas pesquisas. A entrada do PT...

Eleições 2020: veja agenda de campanha de Dário Saadi e Rafa Zimbaldi nesta quarta (25)

Candidatos disputam cargo de prefeito de Campinas (SP) e 2º turno será no próximo dia 29. No 1º...

Covid-19: Rio anuncia megatestagem da população e não fecha comércio

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, descartou o fechamento do comércio como medida para frear o aumento de contaminação pela Covid-19 e...
- Advertisement -