terça-feira, dezembro 1, 2020

Documento de Mourão cita interesse da China sobre recursos da Amazônia

O barulhento documento com ações estratégicas do Conselho Nacional da Amazônia Legal, que irritou o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta, trata também da preocupação com a exploração das riquezas amazônicas por parte de estrangeiros.

O texto, de 62 páginas, traz o capítulo “Amazônia como espaço vital para o mundo”. Ali, diz que a sobrevivência do poder hegemônico de países como Inglaterra, França, Alemanha e Estados Unidos depende do acesso a recursos naturais de outras nações, como o Brasil.

E, claro, cita a China, a obsessão bolsonarista, como um dos países que estariam de olho no que temos por aqui.

“A entrada da China no seleto grupo de grandes potências econômicas hegemônicas do mundo, contextualiza uma nova realidade global, na qual regiões ricas em recursos naturais estratégicos passam a ser o alvo das políticas externas do governo chinês”.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Desmatamento da Amazônia sobe 9,5% e atinge 11 mil km²

O desmatamento na Amazônia foi de 11.088 quilômetros quadrados (km²) entre agosto de 2019 e julho de 2020, divulgou...

Resgate de cão em bueiro mobiliza Guarda e Corpo de Bombeiros em Campinas

Animal foi retirado por uma guarda que é veterinária e levado a um abrigo, onde irá ficar em...

Chifre de touro perfura perna de professor veterinário em faculdade de Americana, SP

Homem de 50 anos foi encaminhado ao PS do Hospital São Lucas e não corre risco, segundo Corpo...

Polícia descobre desmanche de veículos e detém grupo em Campinas

Caso foi nesta segunda e peças foram achadas em imóvel no Parque Fazenda Santa Cândida. Desmanche fechado pela...

Novo prefeito terá ao menos 12 vereadores na base e espera oposição ‘aguerrida’ em Campinas

Dário Saadi deu entrevista ao G1 e EPTV e também abordou a relação que pretende estabelecer com os...
- Advertisement -