segunda-feira, janeiro 25, 2021

USP busca voluntários para testar vacina contra HIV

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) está buscando voluntários no Brasil para testar uma vacina contra o HIV. O estudo, chamado Mosaico, iniciado há cinco anos, está sendo desenvolvido em cooperação por instituições de diversos países.

Até o momento, as pessoas que receberam a vacina conseguiram produzir satisfatoriamente anticorpos e imunidade contra a infecção. A pesquisa já foi aprovada pela fase pré-clínica, animal, e fases 1 e 2 em humanos.

No Brasil, os voluntários devem ser homens gays ou bissexuais cisgêneros e homens ou mulheres transexuais entre 18 e 60 anos. Os interessados podem entrar em contato com o Programa de Educação Comunitária da USP pelo Instagram ou pelo e-mail [email protected]

A tecnologia empregada na vacina em desenvolvimento é a de vetor, em que são injetadas informações genéticas de proteínas do HIV dentro de um outro vírus, inofensivo a seres humanos.

Quando o indivíduo é vacinado, o vírus inserido no organismo se multiplica, fazendo com que o corpo receba as proteínas que foram injetadas em seu material genético. Assim, o vacinado produz resposta imune contra proteínas do vírus inofensivo e também contra as do HIV.

Com Agência Brasil

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Marinho diz esperar “sensibilidade” para definição sobre novo auxílio emergencial

Diante da crescente pressão por uma nova rodada de auxílio emergencial para ajudar os mais vulneráveis à crise da...

Para vacinar rapidamente é preciso despolitizar imediatamente

Assistimos hoje no mundo ao que se pode chamar de uma corrida entre infecções e injeções. Aliás, não uma, mas várias corridas – posto...

As respostas para as principais dúvidas sobre a vacinação contra Covid-19

A campanha de vacinação contra a Covid-19 começou no Brasil na última semana, após a aprovação de uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância...

Após pedido de inquérito, Pazuello vai a Manaus ‘sem data para voltar’

Ameaçado por um pedido de abertura de inquérito junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e sentindo-se ameaçado no cargo, o ministro da Saúde, ...

Fura-filas terão que ‘esperar a sua vez’ para receber 2ª dose, diz Justiça

Além de ficarem sujeitos “à prisão em flagrante delito em caso de insistirem no ilícito”, as pessoas que foram consideradas “fura-filas” por terem tomado...
- Advertisement -