segunda-feira, janeiro 18, 2021

Coronavírus: taxa de ocupação em UTIs Covid sobe para 77,5%; HC da Unicamp tem lotação pelo 2º dia


Metrópole tem 160 leitos nas redes pública e particular, dos quais 124 estão ocupados. Uma das entradas do Hospital de Clínicas da Unicamp
Reprodução/EPTV
A taxa de ocupação dos leitos leitos exclusivos de UTI para pacientes com Covid-19 no Hospital Ouro Verde fez Campinas (SP) subiu para 77,5% nesta sexta-feira (4), segundo boletim da prefeitura. O total de leitos chegou a 160 na cidade, após abertura de mais no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, dos quais 124 estão ocupados. Há 36 livres, considerando-se a soma das redes pública e particular.
No dia anterior, a taxa de ocupação estava em 73,5%, informou a administração municipal. O HC da Unicamp, contudo, registra lotação pelo segundo dia seguido.
Ocupação de leitos nesta sexta-feira:
SUS Municipal: são 64 leitos, dos quais 55 estão ocupados (86%) e há 9 livres;
SUS Estadual (HC da Unicamp): há 8 leitos, todos preenchidos (100%);
Particular: total é de 88 leitos, distribuídos entre 61 ocupados (69,35%) e 27 sem uso.
O que será feito?
Na quarta-feira, o secretário de Saúde em Campinas, Carmino de Souza, afirmou que a administração acertou mais 20 leitos de terapia intensiva com a Santa Casa – dez que foram desativados na terça-feira, no período entre o término do contrato e renovação, e mais dez de um novo contrato.
Ele disse ainda que, em paralelo, conversou com outros hospitais particulares e espera que ainda nessa semana encerre uma fase de credenciamento de unidades interessadas em oferecer leitos.
Prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) destacou que houve uma grande redução na oferta de leitos estaduais, que estavam no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp (de 30 para sete), e que pediu ao Estado um reforço nesse suporte, uma vez que a unidade é referência para toda a região.
Diante do aumento da demanda, o HC prevê retomar parte das estruturas para manter, no mínimo, 20 abertos. A informação foi confirmada pelo superintendente, Antonio Gonçalves de Oliveira Filho
Estatísticas da cidade
Campinas confirmou nesta manhã mais três mortes por Covid-19 e, com isso, totaliza 1.393. De acordo com a administração, o número de pessoas que testaram positivo para Covid-19 teve aumento de 354 casos em comparação com o balanço anterior e, com isso, a metrópole totaliza 44.528 infectados desde o início da pandemia.
Os novos casos e mortes contabilizados pelo governo municipal não significam, necessariamente, que ocorreram de um dia para o outro, mas sim registrados no sistema após resultados de exames.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Butantan pedirá uso emergencial de mais 4 milhões de doses da Coronavac

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse no domingo, 17, que irá solicitar à Agência Nacional de Vigilância...

Pazuello convida governadores para ato de recebimento da vacina

O ministro da Saúde Eduardo Pazuello convidou os governadores dos estados a participarem de um “ato simbólico de recebimento das vacinas”. O evento será...

Vacinação: 112 profissionais de saúde já foram vacinados em SP

O estado de São Paulo começou sua campanha de vacinação contra a Covid-19 neste domingo, 17, logo após a aprovação de uso emergencial da...

Vacinação contra Covid-19 começa na quarta, às 10h, diz Pazuello

O Ministério da Saúde anunciou neste domingo, 17, que a vacinação contra a Covid-19 no Brasil terá início na quarta-feira, 20, às 10h. Para...

Butantan confirma 46 milhões de doses da CoronaVac até abril

O Instituto Butantan, confirmou neste domingo, 17, que até abril  serão fornecidas 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida em...
- Advertisement -