sábado, janeiro 16, 2021

CoronaVac: SP está preparado para aplicar doses a partir de 25 de janeiro

25 de janeiro de 2021, esta é a data prevista pelo governador João Doria (PSDB) para o início de aplicações da CoronaVac no Estado de São Paulo. A liberação do fármaco desenvolvido pela farmacêutica chinesa Sinovac Life Science em parceria com o Instituto Butantan nesta data — ou qualquer outra — depende da autorização do medicamento pela Agência Nacional de Vigilância Nacional (Anvisa).

No chamado Plano Estadual de Imunização divulgado nesta segunda-feira, 7,  os primeiros a receberem as doses serão os profissionais de saúde na linha de frente e idosos acima de 60 anos — grupo etário mais significativo em mortes causadas pelo vírus. Populações indígenas e quilombolas também estão no grupo prioritário.

O governo afirmou que também disponibilizará 4 milhões de doses a outros estados que solicitarem o imunizante. O processo se dará igualmente a partir do dia 25. A prioridade para esses locais, disse Doria, são os profissionais de saúde.

Anteriormente, Doria afirmou que o plano só deveria ser colocado em prática caso o Governo Federal não incluísse a CoronaVac no Programa Nacional de Imunização, que engloba todo o SUS brasileiro. Hoje, ele afirmou que precisava ser mais “ágil” que o programa nacional e, portanto, estava se “antecipando”. Já, Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, disse que ainda espera a inclusão da vacina da Sinovac no programa do Ministério da Saúde. O governo federal oficialmente planeja iniciar as imunizações em março, quase dois meses depois que o cronograma de SP.

O cronograma apresentado pelo governo aponta para as seguintes datas. Trabalhadores de Saúde, indígenas e quilombolas, 1ª dose em 25 de janeiro e a 2ª dose em 15 de fevereiro; 75 anos ou mais, 1ª dose em 8 de fevereiro e 2ª dose em 01 de março; 70 a 74 anos, 1ª dose 15 de fevereiro e 2ª dose 8 de março; 65 a 69 anos, 1ª dose 22 de fevereiro e 2ª dose 15 de março; 60 a 64 anos, 1ª dose 1 de março e 2ª dose em 22 de março.

 

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Twitter marca publicação do Ministério da Saúde como ‘enganosa’

O Twitter destacou hoje uma publicação do Ministério da Saúde como “informação enganosa”. Trata-se de uma mensagem sobre atendimento...

Bolsonaro vai a festa infantil sem máscara

O presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada na tarde deste sábado, 16, para ir a uma festa infantil no Clube Naval de...

CoronaVac: imunidade coletiva requer vacinação de 162 milhões, diz estudo

Cerca de 162 milhões de brasileiros, aproximadamente 99% da população “vacinável” contra Covid-19 no país, devem receber o imunizante CorovaVac, para que seja atingida...

Daria para ter evitado a tragédia no Amazonas

por Editorial de O Globo (16/1/2021) O pior aspecto da tragédia causada pelo novo coronavírus em Manaus é que ela era não apenas previsível, mas...

Acredite, se quiser

Este blog perguntou no Twitter: E aí? Melhorou o desempenho do governo Bolsonaro no combate à pandemia do coronavírus? Respostas de 9.316 leitores:   Melhorou muito – 58,8% Só...
- Advertisement -