terça-feira, janeiro 19, 2021

Josiel e Dr. Furlan vão disputar o segundo turno em Macapá

Os candidatos Josiel (DEM) e Dr. Furlan (Cidadania) vão disputar o segundo turno das eleições em Macapá, capital do Amapá. Josiel, que é irmão do presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), teve 59.511 votos (29,47% dos votos válidos), ante 32.369 votos para Dr. Furlan – o que representa 16,03% dos votos válidos.

O pleito foi muito equilibrado, com a segunda vaga para o segundo turno sendo definida apenas na reta final da apuração. Josiel liderou a disputa desde o início, enquanto os candidatos Dr. Furlan e Capi (PSB) disputaram voto a voto a outra vaga para a votação que ocorre daqui a duas semanas, em 20 de dezembro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contabilizou que 219.161 eleitores compareceram às urnas na capital amapaense no último domingo, número que corresponde a 74,19% dos eleitores. A taxa de abstenção de 25,81% foi em linha com a observada nas eleições municipais. Os votos em branco somaram 5.740 (ou 2,64%), ao passo que 9.512 (4,38%) anularam seus votos.

Adiamento

O TRE-AP informou que algumas seções eleitorais foram remanejadas em razão da necessidade de uniformizar a quantidade de eleitores nas seções eleitorais.

O processo eleitoral em Macapá foi adiado devido ao apagão energético no dia de 3 novembro, que afetou o estado, após um incêndio ter destruído três transformadores e uma subestação de energia na capital do Amapá. Por mais de três semanas, o apagão e a instabilidade no fornecimento de energia provocaram desabastecimento de luz, água e perdas de alimentos.

Diante da situação, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou pedido do tribunal regional (TRE-AP) e, no dia 12 de novembro, anunciou que o pleito na capital do estado seria adiado. O TRE-AP informou que as eleições transcorreram normalmente nos demais municípios amapaenses.

(com Agência Brasil)

The post Josiel e Dr. Furlan vão disputar o segundo turno em Macapá appeared first on InfoMoney.

Ultimas Notícias

Professar contra a vacinação é desumano

Sem juízo de valor, ou pretensiosa avaliação crítica, constato que muitos de nossos gestores, formadores de opinião de toda...

Não é com a vacinação que o mundo se tornará menos desigual

Produzir vacinas custa caro. Produzir as vacinas mais eficientes custa ainda mais caro. Adquirir, distribuir e aplicar essas vacinas de maior eficiência exigem gastos...

Ministério da Saúde libera novo centro de vacinas da Fiocruz após um ano

O Ministério da Saúde liberou a construção de uma nova instalação para a produção de vacinas pela Fundação Oswaldo Cruz. Será o Novo Centro...

Esqueçam o velho slogan “O Ministério da Saúde adverte”

18 de janeiro, 19h06: Muitos anos antes da existência da pandemia que paralisou o mundo em 2020, o Ministério da Saúde considerava ter “autoridade...

Deputado ligado aos caminhoneiros busca prioridade na vacinação

O deputado Fausto Pinato (PP-SP), que se transformou num porta-voz dos caminhoneiros desde 2019, fez um pedido peculiar ao Ministério da Saúde e à...
- Advertisement -