sábado, janeiro 16, 2021

São Paulo está preparado para vacinar em janeiro, diz Doria

O governador João Doria se reuniu nesta manhã no Palácio dos Bandeirantes com 32 pessoas de 12 setores do governo para revisar os últimos detalhes do Programa Estadual de Imunização, que em sua primeira fase deve imunizar 9 milhões de pessoas.

Questões de logística foram definidas para garantir que todo o processo de aplicação da Coronavac comece em janeiro. O primeiro grupo a ser imunizado será composto por profissionais da saúde, indígenas e quilombolas. Em seguida, pessoas com 60 anos ou mais.

Na reunião, foi apresentado o sistema de informação online que vai garantir a rastreabilidade em tempo real da vacina, o registro nominal da dose aplicada, permitindo inclusive detectar as pessoas que não voltaram para tomar a segunda dose em um dos 10 mil postos disponíveis.

Segundo o governo de São Paulo, “com tudo pronto, caminhões carregados com a vacina sairão no dia 11 de janeiro do Butantan para distribuir a vacina nos municípios”. Um plano de comunicação será lançado dias antes da vacinação para convocar a população e esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao tema.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Oxford: Voo que buscaria 2 milhões de doses da vacina na Índia é cancelado

O voô brasileiro que iria buscar as 2 milhões de doses da vacina de Oxford, na Índia, foi cancelado....

Philco doa todo seu estoque de oxigênio para Manaus

A Philco anunciou nesta sexta-feira, 15, a doação de “100% de seu estoque atual de oxigênio” ao governo do Amazonas. O material é utilizado...

Manaus: ‘não cumprimento das restrições’ levou a situação atual, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse nesta sexta-feira, 15, que a situação crítica em toda a América do Sul, incluindo Manaus, não deve...

Cidades do interior do Amazonas fazem apelo por oxigênio medicinal

A situação das cidades do interior do Amazonas está indo pelo mesmo caminho de Manaus — que sofre com a falta de oxigênio em...

Pacientes de Manaus enviados para Teresina estão em área isolada

Por conta do desabastecimento de oxigênio em Manaus, capital do Amazonas, fez se necessário transferir pacientes para outras regiões brasileiras. O primeiro grupo a...
- Advertisement -