domingo, janeiro 17, 2021

Anvisa decide no domingo se autorizará vacinas CoronaVac e de Oxford

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que está prevista para o próximo domingo  a reunião da Diretoria Colegiada que decidirá sobre pedidos de autorização para uso emergencial, temporário e experimental das vacinas contra Covid-19 do Instituto Butantan (Sinovac) e da Fiocruz (Oxford/AstraZeneca).

A data representa o penúltimo dia do prazo estabelecido pela própria Agência como meta para análise dos pedidos, diz o comunicado. Em nota, o orgão regulador reforçou que “faz-se necessária a entrega, em tempo hábil para análise, dos documentos faltantes e complementares”. A Fiocruz já entregou todos os dados necessários.

A autorização da Fiocruz diz respeito ao uso inicial de 2 milhões de doses da vacina a serem importadas do Instituto Serum, na Índia. O fármaco teve eficácia global aferida em cerca de 70% em testes de fase 3. Já a CoronaVac, do Instituto Butantan, conta com 10,8 milhões de doses reservadas no Instituto Butantan e teve eficácia global em 50,38%, segundo divulgação realizada nesta terça-feira, 12.

Ultimas Notícias

Twitter marca publicação do Ministério da Saúde como ‘enganosa’

O Twitter destacou hoje uma publicação do Ministério da Saúde como “informação enganosa”. Trata-se de uma mensagem sobre atendimento...

Bolsonaro vai a festa infantil sem máscara

O presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada na tarde deste sábado, 16, para ir a uma festa infantil no Clube Naval de...

CoronaVac: imunidade coletiva requer vacinação de 162 milhões, diz estudo

Cerca de 162 milhões de brasileiros, aproximadamente 99% da população “vacinável” contra Covid-19 no país, devem receber o imunizante CorovaVac, para que seja atingida...

Daria para ter evitado a tragédia no Amazonas

por Editorial de O Globo (16/1/2021) O pior aspecto da tragédia causada pelo novo coronavírus em Manaus é que ela era não apenas previsível, mas...

Acredite, se quiser

Este blog perguntou no Twitter: E aí? Melhorou o desempenho do governo Bolsonaro no combate à pandemia do coronavírus? Respostas de 9.316 leitores:   Melhorou muito – 58,8% Só...
- Advertisement -