domingo, janeiro 24, 2021

CoronaVac: vacinação deve começar imediatamente após aprovação, diz Doria

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou que a aplicação da CoronaVac, vacina desenvolvida pela farmecêutica Sinovac Life Science em parceria com o Instituto Butantan, deve começar “imediatamente” após o aval de uso emergencial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele categorizou a autorização como medida “humanitária”

A reunião para definir o uso do fármaco está definida para ocorrer na manhã do próximo domingo, 17.  Na mesma data se definirá o uso da vacina da Universidade de Oxford com o laboratório AstraZeneca. O prazo original para início da vacinação contra a Covid-19 estava previsto para o próximo dia 25 de janeiro.

O governo de SP tem 10,8 milhões de doses do antígeno já disponíveis no Instituto Butantan desde o final de dezembro.  Os grupos prioritários também já estão definidos: idosos acima de 60 anos, profissionais da saúde, população indígena e quilombola.

A CoronaVac teve 50,38% de eficácia global. Informações secundárias dão conta que a vacina impede 78% dos desdobramentos leves da doença. A vacina foi testada em quase 13.000 profissionais da saúde na linha de frente no combate à Covid-19.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Após pedido de Aras ao STF, Pazuello viaja para o Amazonas

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, viajou hoje à noite a Manaus, capital do Amazonas, acompanhado do primeiro lote...

Oxford: o número de doses enviadas para cada estado brasileiro

O Programa Nacional de Imunização contra Covid-19 conta agora com mais uma vacina. Trata-se do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com a...

Oxford: Fiocruz sugere intervalo máximo entre primeira e segunda dose

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável por elaborar a bula e finalizar as doses iniciais da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela...

Oxford: infectologista da Fiocruz é o 1 º brasileiro a receber a vacina

O infectologista Estevão Portela foi o primeiro brasileiro a receber uma dose da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com...

Amazonas receberá cota extra de vacinas para frear pandemia

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira, 22, que o governo federal vai criar um Fundo Epidemiológico para reforçar a imunização contra a Covid-19...
- Advertisement -