segunda-feira, abril 12, 2021

Após alta, homem que matou 2 em briga por causa de lixeira em Artur Nogueira vai para delegacia e deve ser ouvido nesta terça


Crime ocorreu na manhã de domingo (28), em área rural da cidade após discussão sobre local de instalação do equipamento, segundo relatos de testemunhas. Justiça determinou manutenção da prisão do suspeito. Atirador de Artur Nogueira tem alta do hospital e irá depor nesta terça-feira
O atirador que matou dois homens baleados e feriu uma mulher durante uma discussão sobre o local de instalação de uma lixeira recebeu alta do Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp na noite de segunda-feira (1) e foi encaminhado para a carceragem de delegacia de em Artur Nogueira (SP), cidade onde o crime ocorreu.
A previsão é que o suspeito, chamado Helio Vale, seja ouvido pela Polícia Civil nesta terça-feira (2) por vídeo. Durante a noite de segunda, o filho e advogado do homem foi à carceragem levar um calçado e insulina. Vale é diabético.
Legítima defesa, diz advogado
O filho do atirador afirma que os disparos foram dados em legítima defesa pois o homem levou socos e golpes de facão antes de ir à caminhonete buscar a arma de fogo usada no crime.
Ainda segundo o advogado, Vale comprou a pistola 9 milímetros porque o sítio onde mora foi roubado duas vezes.
O caso
O caso ocorreu na frente de uma propriedade localizada em vicinal da Rodovia dos Agricultores, zona rural. Testemunhas relataram à EPTV, afiliada da TV Globo, que o dono do imóvel contratou uma equipe de serralheiros para instalar um portão na área. Por causa desse trabalho, eles teriam feito a remoção de uma lixeira externa e reinstalaram o equipamento a cerca de 50 metros.
Confusão terminou com duas mortes em área rural de Artur Nogueira
Giuliano Tamura / EPTV
Um morador da região, que discordou da mudança, teria ido ao local com um funcionário até a frente do imóvel, onde começaram as divergências. Segundo testemunhas, durante a confusão este morador foi até uma caminhonete, pegou uma arma e fez disparos para o alto e contra o grupo.
“Já chegou atirando. Não tinha como correr. Se corresse, ele ia matar todo mundo.”, disse um dos serralheiros, Anderson Bezerra.
O funcionário dele, que estava com um facão, foi atingido e teve a morte confirmada no Hospital Samaritano, na cidade. Além disso, a nora de um dos serralheiros ficou ferida após ser atingida no braço.
Na sequência, um dos serralheiros, também com facão, tentou defender o grupo e desferiu um golpe que feriu o morador armado com uma pistola, mas em seguida ele também foi baleado e morreu.
As duas vítimas são Damião Berengel e Rodrigo Carvalho. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Americana.
A mulher ferida e o atirador foram inicialmente levados também para o Hospital Samaritano. O suspeito teve o braço ferido e foi transferido para o Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas (SP) antes de receber alta.
O caso foi registrado na delegacia de Artur Nogueira. No local foram apresentados pela Guarda Municipal facões, arma e munições apreendidos durante a ocorrência. A audiência de custódia ocorreu na segunda (1) e a Justiça determinou a manutenção da prisão do homem.
VÍDEOS: últimas notícias sobre a região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Ciclista fica ferido após ser atingido por moto e arremessado em Campinas

Acidente aconteceu na tarde deste domingo (11), na Avenida John Boyd Dunlop. Homem...

Indaiatuba abre inscrições para apresentações culturais virtuais; artistas receberão R$ 750

Interessados precisam ter 18 anos ou mais e apresentar comprovante de endereço fixo na cidade. Materiais selecionados serão...

PATs da região de Campinas ofertam 324 vagas de emprego nesta segunda-feira; veja cargos

Relação inclui postos para diversos níveis de escolaridade e oportunidades exclusivas para PCDs. Em virtude da pandemia, unidades...

Moto fica partida após condutor atingir traseira de carro na Bandeirantes, em Campinas

Acidente foi na noite de sábado (10), em pista norte. Motociclista teve lesões graves, diz polícia. Moto partiu...

Covid-19: ação em Campinas lacra bar com 60 clientes e coberto por lona para 'disfarçar' abertura

Ação conjunta da Guarda e PM no Jardim São Domingos ocorreu na noite de sábado (10), segundo prefeitura....
- Advertisement -