sábado, março 6, 2021

Avós viralizam com vídeos bem-humorados e acumulam 3 milhões de 'netinhos' na internet: 'Decidi compartilhar a alegria com todos'


Maria do Carmo, de 92 anos, fez sucesso por conta da espontaneidade e respostas rápidas; já o neto de Amália, de 91, viu na web uma oportunidade para eternizar o bom humor da ‘vovó’. Vovó Carminha está presente em quatro plataformas e já soma mais de 23 milhoes de visualizações em seus vídeos
Leonardo Silveira/Arquivo Pessoal
Alegria é a palavra que melhor descreve as avós Maria do Carmo, de 92 anos, e Amália Theresa da Silva, de 91. De Mogi Guaçu (SP) e Campinas (SP), respectivamente, as duas fazem sucesso com vídeos bem-humorados na internet e acumulam, juntas, mais de três milhões de seguidores – ou “netinhos”, como gostam de chamá-los.
Conhecida como “Vovó Carminha”, Maria do Carmo viralizou na web na companhia do neto, o estudante Leonardo Silveira, de 20 anos. Após se mudar para a Irlanda, em março de 2020, o jovem passou a sentir falta da avó e, por isso, resolveu compartilhar os vídeos gravados com ela nas redes sociais.
“Fiquei com muita saudade da minha avó. Estava triste e via os vídeos que eu havia gravado na casa dela e dava muita risada. Então eu decidi compartilhar a alegria com todos e viralizou”, relembra Leonardo.
Os vídeos, que antes eram compartilhados apenas entre o círculo de amizades, logo chamaram a atenção de milhares de internautas. Atualmente, Leonardo divulga os vídeos de Carminha em quatro redes sociais diferentes; em uma delas, acumula 1,6 milhões de seguidores, 23 milhões de visualizações e 1,2 milhões de curtidas.
Initial plugin text
Espontaneidade
Se engana quem pensa que os vídeos de Leonardo e Vovó Carminha são roteirizados. A avó conquista o público com espontaneidade e respostas rápidas, como conta Leonardo. “[Minha avó] é totalmente divertida, simples e alegre. Ela leva tudo na maior boa vontade e bom humor”, diz.
Leonardo afirma ainda que, apesar de algumas propagandas gravadas pela avó demandarem um roteiro, os vídeos que mais “bombam” são aqueles gravados de forma espontânea.
De acordo com o neto, os vídeos serviram para fortalecer ainda mais os laços com a avó. “Se [a relação] mudou, foi pra melhor […] Nos vemos quase todos os dias, e nos damos mais do que bem”, afirma o estudante.
‘Amor, bom humor e muita chinelada!’
Já Vó Amália, ou “Vó da Pomba”, como é conhecida nas redes sociais, descreve o próprio perfil como repleto de “amor, bom humor e muita chinelada!”. Diagnosticada com Alzheimer há cerca de sete anos, ela começou a gravar os vídeos com o neto após mudar-se para a casa da família.
“A vó veio morar com a gente após o diagnóstico de Alzheimer, que é uma doença muito dura e sem cura, precisa ter muito amor, carinho e paciência. No dia a dia, descobri que o bom humor seria um grande aliado”, explica o neto.
O neto, de 29 anos, não se identifica nas redes sociais e optou por manter o anonimato também na reportagem. Segundo ele, a opção é porque não deseja ser reconhecido pelos vídeos, mas sim compartilhar alegria com as pessoas.
Há cerca de dois anos seus vídeos se popularizaram na internet e hoje a Vó Amalia já conquistou 25 milhões de visualizações
Amalia Theresa da Silva/Arquivo Pessoal
Transformação
O jovem relata ainda que, há cerca de dois anos, a popularização abrupta dos vídeos na internet transformou a vida dele e de toda a família. “Nossa vida mudou completamente em poucos meses. Onde ela ia, era reconhecida”, conta.
O apelido “Vó da Pomba” nasceu a partir da página do humor que o neto mantinha antes mesmo de divulgar os vídeos, chamada “Pomba”. Hoje, Amália tem 5 milhões de seguidores nas próprias redes, além de manter um grupo no Facebook de apoio a cuidadores de pessoas com demência.
Em seu vídeo mais famoso, a “vovó” ultrapassou 20 milhões de visualizações. Nele, o neto mostra a irritabilidade da avó quando alguém tenta entrar na piscina da casa – para ela, a piscina é, na verdade, uma cisterna. Veja, abaixo, o registro do momento.
Initial plugin text
Sem roteiros
Assim como Vovó Carminha, Amália não segue roteiros para produzir os vídeos, principalmente por conta do Alzheimer. Para o neto, o sucesso da avó está atrelado à sua espontaneidade e bom humor.
“A memória dela é de menos de 10 segundos. Assim, é impossível combinar algo com ela. O que fez ela se tornar conhecida foi ser ela mesma, sempre com uma resposta engraçada e certeira na ponta da língua, e suas chineladas em mim”, brinca o jovem.
As brincadeiras diárias também ajudaram Vó Amália com o tratamento para a doença. Segundo o neto, os vídeos fazem muito bem para ela e, diante disso, houve uma melhora significativa no quadro médico.
“Ela se diverte muito. Ela sempre foi muito brincalhona e adora uma confusão quando estou quieto no meu canto […] Vimos uma melhora significativa. Minha vó nem parece ter 91 anos de idade e o Alzheimer está estável”, explica.
VÍDEOS: reveja as reportagens dos telejornais da EPTV
*Sob a supervisão de Gabriella Ramos.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Motociclista morre após bater em carro na estrada da Rhodia, em Campinas

Samu constatou o óbito do homem de 42 anos no local; condutor do...

Nº de ocorrências na delegacia eletrônica sobe 47% na região de Campinas durante a pandemia

Dados da Secretaria de Segurança Pública mostram que foram 134 mil registros pela web, o que representa 34,3%...

Procura por teste de detecção de anticorpo aumenta 2.000%

Entre outubro de 2020 e fevereiro de 2021 houve um aumento de 2.000% na procura por testes de detecção de anticorpos neutralizantes contra o...

Fase vermelha: fiscalização multa dois estabelecimentos e interdita academia em Campinas

Operação ocorre na noite de sexta-feira (5) e visitou 17 comércios no Centro e Cambuí. Prefeitura diz que...

'Gatos' de energia em Piracicaba e Campinas abasteceria 27 hospitais durante um ano, diz companhia

Crescimento de fraudes na pandemia foi de 138,47% em Piracicaba, e de 14,7% em Campinas segundo CPFL. ...
- Advertisement -