segunda-feira, maio 17, 2021

Campinas altera horários de shoppings e comércio de rua a partir desta terça; veja como fica


Mudança foi divulgada pela prefeitura nesta tarde e vale pelo menos até 30 de abril. Movimentação de pedestres no Centro de Campinas
Wagner Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo
Os horários de funcionamento dos shoppings e do comércio de rua em Campinas (SP) serão alterados a partir desta terça-feira (27), segundo a prefeitura. A mudança significa abertura e fechamento uma hora após o período que estava autorizado e vale pelo menos até 30 de abril, quando a metrópole e todos os outros municípios seguem na fase de transição do Plano SP definido pelo estado.
Novos horários
Shoppings: entre 12h e 20h
Comércio de rua, galerias e congêneres: das 10h às 18h
A alteração será formalizada por meio de publicação em Diário Oficial, nesta terça. “Importante ressaltar que os estabelecimentos devem manter todas as medidas sanitárias, entre elas o distanciamento e o uso de máscara e álcool em gel”, destaca texto da administração.
Desde o início da pandemia, Campinas registra 90.788 infectados, incluindo 2.914 mortes. A cidade registrava até a tarde desta segunda-feira 18 moradores na fila de espera por leito de UTI Covid-19.
Vídeos: tudo sobre Campinas e região
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Trabalhar mais de 55 horas por semana aumenta risco de morte, diz estudo

O trabalho dignifica o homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por...

Trabalhar demais pode matar do coração ou de AVC, diz estudo

O trabalho dignifica o Homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...

Ministro da Ciência confirma construção de laboratório de biossegurança 4 junto ao Sirius

Estrutura que permite análise e estudo de vírus mais perigosos que o causador da Covid-19, é inédita na...

Covid-19: Campinas estende até julho suspensão de férias para servidores da Saúde; sindicato critica e relata sobrecarga

Portaria publicada nesta segunda-feira (17) destaca necessidade de 'força máxima' para enfrentamento à pandemia e vacinação. Entidade pede...

Paralisação da CoronaVac provoca desfalque de 7 milhões de doses em maio

A paralisação da produção da CoronaVac devido à falta de matéria-prima, o ingrediente farmacêutico ativo (IFA), irá reduzir em 17% a quantidade de vacinas...
- Advertisement -