sexta-feira, abril 16, 2021

Campinas encerra festa com 200 pessoas e lacra dez espaços por desrespeito à quarentena no 1º sábado com toque de recolher


Fiscalização em 89 locais também encontrou irregularidades em 40, que ficam fechados até regularização. Quatro veículos foram recolhidos no Ouro Verde com base na ‘Lei do Pancadão’. Campinas aplica regras mais rigorosas em toque de recolher desde 18 de março
Adriano Rosa/PMC
O primeiro sábado (20) de toque de recolher com punições mais rigorosas em Campinas (SP) terminou com o encerramento de uma festa com 200 pessoas no distrito do Ouro Verde e a lacração de dez estabelecimentos que descumpriram as regras da quarentena, segundo a prefeitura.
Durante a fiscalização conduzida pela Guarda e polícias Civil e Militar, quatro veículos foram recolhidos com base na Lei do Pancadão – proíbe a circulação de veículos com som alto, mas outros detalhes sobre a festa, como o bairro e local onde ocorreu, ainda não foram informados pelo governo.
“O Setor de Inteligência da Guarda Municipal tem monitorado festas clandestinas. O decreto determina multas mais severas para estes casos, de 1.600 UFIC’c, ou R$ 6.061,76 e lacração do estabelecimento até o final da fase vermelha”, diz nota da assessoria.
A prefeitura diz que 1,1 mil veículos e 2 mil pessoas foram abordados entre 20h de sábado e 5h deste domingo, período de circulação restrita pelo toque de recolher para o enfrentamento à pandemia.
Veja aqui as regras do toque de recolher na metrópole
Desrespeito e irregularidades
Segundo a administração, os estabelecimentos lacrados por desrespeitarem as normas da fase emergencial do Plano SP, aplicada desde 15 de março no estado de São Paulo para conter a circulação do novo coronavírus, só podem ser reabertos quando esta etapa for encerrada.
O toque de recolher com medidas mais rígidas determinadas pela prefeitura começou a valer em 18 de março. As fiscalizações sobre as regras também contam com equipes do Procon, Setec e Emdec.
A ação de sábado fiscalizou 89 estabelecimentos, dos quais 40 também foram fechados após a fiscalização constatar irregularidades que, caso sejam resolvidas, permitem o funcionamento do local. Os trabalhos ocorreram nas regiões do Centro, Vila União, Cambuí, Jardim Santa Lúcia, Campos Elíseos II, Nova Campinas, Bairro das Palmeiras I, Taquaral, Bandeiras, Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, São Judas Tadeu, Proença, Campo Belo, Vila Pompeia e Residencial Sirius.
Estatísticas
Desde o início da pandemia Campinas registra 76.561 infectados, incluindo 2.116 mortes. Os dados foram divulgados até sexta-feira (29) pela prefeitura, e devem ser atualizados nesta segunda-feira (22).
VÍDEOS: veja tudo sobre a região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Taxa de reprodução da Covid-19 volta a subir em Campinas, mas segue indicando regressão da pandemia

Metrópole atingiu índice de 0,9 e resultados menores que 1 sugerem que casos...

Emdec bloqueia dois trechos do Jardim Londres para obras da Sanasa neste fim de semana

Bloqueios ocorrem entre as ruas Ferdinando Panattoni e Oswaldo Oscar Barthelson e no cruzamento das vias Geraldo Nogueira...

Shoppings de Campinas reabrem a partir de domingo com horário e capacidade limitada

Estabelecimentos voltam a funcionar das 11h até às 19h, com 25% da capacidade de lotação, após prefeitura anunciar...

Maranhão cria rede de acolhimento a pessoas com sequelas da Covid-19

Pacientes com sequelas da Covid-19 vão contar com um sistema de atendimento na saúde estadual. O governador Flávio Dino anunciou, nesta sexta-feira, a implantação...

Campinas regulamenta permissão para guardas municipais usarem armas particulares em serviço

Portaria publicada nesta sexta-feira regulariza uso de equipamentos considerados 'armas curtas' além da que a corporação fornece aos...
- Advertisement -