quarta-feira, abril 14, 2021

Campinas mapeia áreas com maiores taxas de letalidade por Covid-19, e Jardim Novo Campos Elíseos fica em primeiro; veja lista


Dados da prefeitura mostram que Jardim Eulina, Vila Industrial e Satélite Íris estão entre bairros com maiores índices. Diretora do Devisa faz alerta sobre necessidade de medidas preventivas. Veja os bairros de Campinas com maior taxa de letalidade por Covid-19
Campinas (SP) fez um mapeamento das 15 áreas onde estão as maiores taxas de letalidade por Covid-19 desde o início da pandemia e constatou que a maior, de 6,8%, está no Jardim Novo Campos Elíseos. A prefeitura contabilizou até 1º de abril um total de 81.941 infectados, incluindo 2.428 mortes.
Em seguida, os maiores índices foram verificados pela administração municipal nas regiões do Jardim Eulina, em 5,7%, e nos bairros Vila Industrial e Satélite Íris, cada um deles com 5%. Veja abaixo lista.
Jardim Novo Campos Elíseos – 6,8%
Jardim Eulina – 5,7%
Vila Industrial / Satélite Íris – 5%
Jardim Chapadão – 4,7%
Jardim Florence – 4,6%
Parque Via Norte – 4,1%
Cambuí – 4,1%
Taquaral – 4%
Jardim Nova Europa – 3,7%
Jardim Santa Genebra – 2,9%
Centro – 2,9%
Parque São Quirino – 2,2%
Jardim Santa Lúcia – 1,4%
Moradores foram flagrados sem máscara no Jardim Novo Campos Elíseos e Jardim Eulina
Reprodução/EPTV
Explicações
A reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, foi ao Jardim Novo Campos Elíseos e ao Jardim Eulina na manhã desta segunda-feira (5) e flagrou nas ruas diversos moradores que ignoram as recomendações para evitar a transmissão do novo coronavírus, sobretudo durante a prática de atividades esportivas: falta de máscara ou uso incorreto do item, além da ausência de distanciamento social.
“Não necessariamente a pessoa que mora ali adquiriu a doença ali, Mas, se existem muitas pessoas acometidas, é importante que elas estejam atentas porque as medidas de prevenção não estão sendo feitas em sua plenitude […] Não basta ter leito. Você pode ter acesso a um leito, mas dois terços que vão ficar [em estado] grave vão evoluir para óbito. Vamos usar máscara, vamos fazer o distanciamento social de 1,5 metro, levar bem as mãos e usar álcool em gel”, alerta a diretora do Departamento de Vigilância e Saúde (Devisa), Andrea von Zuben.
Março foi o mês mais letal da pandemia da metrópole. Até dia 1º, a metrópole tinha 94 pacientes à espera de leitos de UTI Covid-19, e 80 que aguardavam transferência para estrutura de enfermaria.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

O amor pela cozinha e a superação de desafios

Conheça a história da cozinheira Claudete Machado, de Campinas, que acredita que para...

Governo federal recebe estudo de viabilidade para nova licitação de Viracopos

Etapa é mais um passo para o avanço do processo de relicitação; único consórcio a enviar o documento...

Complementos para sopas e caldos mais saborosos

Veja o que o chef Ricardo Barreiro, de Campinas, indica para dar um toque especial ao preparos que...

Campinas tem mais 34 mortes por Covid-19 e total aumenta para 2.735; casos chegam a 86,5 mil

Balanço divulgado pela prefeitura na tarde quarta-feira (14) mostra mais 660 moradores infectados. Vítimas são 17 homens e...

Caçador de auroras boreais: o jovem brasileiro que vive em busca das ‘luzes coloridas’

De Sorocaba (SP), hoje Filippo Dias vive na Finlândia e divulga imagens do céu nas redes sociais. ...
- Advertisement -