sábado, abril 17, 2021

Campinas propõe que cidades da RMC adotem medidas ainda mais restritivas em conjunto para frear avanço da Covid-19


Reunião entre prefeitos ocorreu de forma virtual para analisar cenário da pandemia na região metropolitana. Segundo prefeitura de Campinas, novo encontro foi marcado para sexta-feira. O prefeito de Campinas (SP), Dário Saadi (Republicanos), propôs que as cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) adotem medidas ainda mais restritivas, como um lockdown, para conter o avanço de mortes, internações e casos de Covid-19.
A proposta foi apresentada nesta terça-feira (16) durante uma reunião com os demais prefeitos da 20 cidades da RMC. O número de participantes ainda não foi confirmado.
Segundo a prefeitura de Campinas, a maioria dos prefeitos aceitou discutir a possibilidade, mas optou por avaliar por mais dois dias os efeitos da atual fase emergencial do Plano São Paulo, os dados epidemiológicos e os índices de isolamento.
“Uma nova reunião foi marcada para sexta-feira, 19/03, com possibilidade de um encontro extraordinário antes disso”, informou o Poder Executivo campineiro.
Lockdown é medida extrema, mas de efetividade comprovada, afirmam entidades
Reunião com hospitais em Campinas
Prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), explica dificuldades estruturais para contratação de leitos
Reprodução/EPTV
A possibilidade do lockdown foi tema de uma reunião entre a Prefeitura de Campinas e representantes de hospitais públicos e privados, além de planos e operadoras de saúde. No encontro, que ocorreu na segunda-feira (15), ficou definido a suspensão das cirurgias eletivas na cidade a partir de quarta.
Os presidentes e superintendentes de 12 hospitais privados e de planos de saúde participaram do encontro e “todos foram unânimes em reconhecer o momento gravíssimo da pandemia”, informou a prefeitura.
O boletim de segunda-feira, o mais recente divulgado pela prefeitura, mostra que Campinas tinha todos os leitos de UTI Covid pelo SUS ocupados. Com o registro de mais 21 mortes, Campinas ultrapassou a marca de 2 mil vidas perdidas pela doença desde o início da pandemia.
Sobre a suspensão de cirurgias eletivas, haverá exceção para procedimentos oncológicos e cardiológicos. “Uma comissão interna de cada hospital vai autorizar ou não cirurgias consideradas essenciais. Na rede pública municipal, as cirurgias eletivas já estavam suspensas”, informou a prefeitura.
VÍDEOS: veja tudo sobre a região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Pesquisa revela que forma grave de Covid-19 pode afetar os olhos

Uma pesquisa brasileira revela que a Covid-19 pode causar lesões sérias e irreversíveis nos olhos de pacientes que tiveram...

Taxa de reprodução da Covid-19 volta a subir em Campinas, mas segue indicando regressão da pandemia

Metrópole atingiu índice de 0,9 e resultados menores que 1 sugerem que casos estão em queda. Devisa afirma...

Emdec bloqueia dois trechos do Jardim Londres para obras da Sanasa neste fim de semana

Bloqueios ocorrem entre as ruas Ferdinando Panattoni e Oswaldo Oscar Barthelson e no cruzamento das vias Geraldo Nogueira...

Shoppings de Campinas reabrem a partir de domingo com horário e capacidade limitada

Estabelecimentos voltam a funcionar das 11h até às 19h, com 25% da capacidade de lotação, após prefeitura anunciar...

Maranhão cria rede de acolhimento a pessoas com sequelas da Covid-19

Pacientes com sequelas da Covid-19 vão contar com um sistema de atendimento na saúde estadual. O governador Flávio Dino anunciou, nesta sexta-feira, a implantação...
- Advertisement -