segunda-feira, maio 17, 2021

Campinas publica decreto que permite reabertura do comércio e cultos; veja o que muda


Apesar da flexibilização, prefeitura mantém medidas como o toque de recolher entre 20h e 5h, restrições em áreas comuns de condomínios e lacração de estabelecimentos que descumprirem as regras da quarentena. Movimentação intensa de pedestres no centro de Campinas (SP), no dia 1º de abril; prefeitura vai permitir a reabertura por horário reduzido a partir deste domingo
Wagner Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo
Campinas (SP) publicou no Diário Oficial deste sábado (17) o decreto municipal que regulamenta a reabertura do comércio e a retomada de cultos e missas com restrição de horário e capacidade de público a partir deste domingo (18).
Confira o texto do decreto na íntegra
Apesar da flexibilização, a prefeitura manteve medidas como o toque de recolher entre 20h e 5h, restrições nas áreas comuns de condomínios e a lacração de estabelecimentos que descumpram as regras da quarentena seguem em vigor.
O que pode funcionar a partir de domingo (18)
Comércio (lojas de rua e shoppings): podem funcionar entre 11h e 19h com capacidade de 25%;
Cultos e missas: atividades religiosas voltam a ocorrer com distanciamento e controle de acesso (25% da capacidade e das 11h às 19h);
Toque de recolher: medida será mantida entre 20h e 5h;
Recomendações: escalonamento da entrada e saída nos empreendimentos comerciais; atividades administrativas em teletrabalho;
Assim como anunciado pelo governo do estado, novos setores também serão beneficiados pela flexibilização a partir do dia 24 de abril, um sábado. Serviços como salões de beleza, academias, clubes e restaurantes poderão funcionar com restrição de horário e capacidade de público. Veja o que muda:
Restaurantes e similares, exceto bares: de 11h às 19h, com 25% de capacidade;
Atividades culturais (cinemas, teatros, museus, eventos e convenções): de 11h às 19h, com 25% de capacidade, público sentado e assentos marcados;
Academias: de 7h às 11h e de 15h às 19h, para atividades físicas individuais e agendadas
Salões de beleza e barbearia: das 11h às 19h, com 25% da capacidade;
Parques e clubes sociais: das 11h às 19h, com 25% da capacidade;
Esta segunda etapa deve funcionar até 1° de maio, quando está prevista uma nota atualização do plano.
‘Não vencemos a Covid’
Na coletiva em que anunciou as medidas de flexibilização, o prefeito Dário Saadi (Republicanos) destacou a redução na transmissão do coronavírus na cidade, mas que a flexibilização não significa um relaxamento das medidas de isolamento e de prevenção, como o uso de máscara e medidas de higiene.
Campinas chega a 2.778 vidas perdidas; casos são 87,5 mil
“Nós não vencemos a Covid, não podemos comemorar e não podemos abaixar a guarda. Temos que continuar enfrentando a pandemia, esse inimigo poderoso, evitando festas, aglomerações, qualquer tipo de possibilidade da transmissão do vírus”, disse Dário.
Regras da fase de transição do Plano São Paulo
Governo de SP
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Cidades da região de Campinas retomam vacinação contra Covid para grávidas e puérperas

Americana e Sumaré retomaram a imunização nesta segunda (17). Já Indaiatuba e Paulínia...

Filha de vítima de feminicídio em Piracicaba relata trauma do crime: 'saber que sou filha do assassino é difícil'

Crime ocorreu em 2019. Psicanalista diz que filhos de mulheres que foram mortas de forma violenta devem ter...

Santo Antônio de Posse aciona polícia após perder R$ 30 mil com furto de cabos que parou serviço de água; vídeo mostra crime

Câmera registrou momento em que furto é praticado por dois suspeitos, que ainda não foram localizados. Sem chuvas significativas há 71 dias,...

Trabalhar mais de 55 horas por semana aumenta risco de morte, diz estudo

O trabalho dignifica o homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...

Trabalhar demais pode matar do coração ou de AVC, diz estudo

O trabalho dignifica o Homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...
- Advertisement -