sábado, fevereiro 27, 2021

Cidades da região de Campinas suspendem vacinação contra Covid-19 por falta de doses


Holambra de Santo Antônio de Posse anunciaram interrupção da campanha após uso de todo o lote enviado para as cidades. Situação é semelhante em Paulínia e Sumaré. As prefeituras de Holambra (SP) e Santo Antônio de Posse (SP) suspenderam a vacinação contra Covid-19 após o estoque de imunizantes zerar. A situação é semelhante ao que ocorreu em Paulínia e Sumaré.
Segundo a prefeitura de Holambra, “não há doses disponíveis. As últimas foram aplicadas na sexta-feira em idosos com 88 anos ou mais”.
“A vacinação está suspensa, aguardando a chegada de novas doses. De acordo com o Estado, a previsão é da liberação de novas doses até o final da semana que vem”, informou o Executivo.
Já em Santo Antônio de Posse, as doses acabaram na segunda-feira (15), durante a terceira etapa de vacinação, que imuniza a população idosa de 85 aos 89 anos. “A previsão de chegada do novo lote da vacina está marcada para o dia 23 de fevereiro”, informou a prefeitura.
Região de Campinas vacina 3,9% da população no 1º mês da imunização em SP
Falta de doses da vacina contra Covid-19 interrompe campanha em cidades da região de Campinas
Adriano Rosa
Sumaré e Paulínia
Em Sumaré, onde a campanha foi suspensa na sexta-feira, a ‎superintendente de Vigilância em Saúde, Denise Barja, informou que das 10,8 mil doses enviadas pelo estado, cerca de 8 mil já foram aplicadas, enquanto outras 2.680 são destinadas à aplicação da segunda dose do imunizante e, por isso, não podem ser utilizadas no momento.
Já a Secretaria Estadual de Saúde afirmou na terça-feira (16) que, das 10,8 mil doses do imunizante, foram usadas metade. “Deste quantitativo, conforme atualização do site ‘Vacina Já’, foram aplicadas 5,7 mil doses do imunizante, ou seja, somente 53,3% do quantitativo recebido. Portanto, ainda há doses para continuidade da campanha no município”, diz o texto.
A superintendente da vigilância rebateu que a divergência entre os dados do município e do estado ocorre por conta de instabilidades no “vacinômetro” estadual, o sistema VaciVida. “O sistema está instável e todo mundo está alertando o estado sobre isso. Temos doses para lançar, mas com certeza não é a quantidade que o estado falou”, ressaltou.
Sobre a instabilidade, a Secretaria Estadual de Saúde pontuou que as informações disponíveis na plataforma “são preliminares e estão sujeitas à avaliação”.
Na noite de terça, a prefeitura de Paulínia também informou a interrupção da campanha de imunização no município a partir desta quarta (17). Segundo a administração, apenas parte dos profissionais da área da saúde e idosos com mais de 85 anos puderam ser vacinados com as doses disponibilizadas até o momento.
A Prefeitura de Paulínia informou que aguarda o envio de mais doses para atender outros grupos, conforme determina o Plano Nacional de Imunização do Governo Federal. Assim que isso ocorrer, a administração divulgará mais informações sobre a retomada da campanha”, diz, em nota.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Estiva Gerbi determina fechamento de serviços não essenciais neste fim de semana

Decreto foi publicado no Semanário Oficial desta sexta-feira (29). Estabelecimentos que descumprirem a...

Temporal alaga vias, inunda imóveis e derruba árvores em Campinas

Maior índice de chuvas foi registrado na Avenida Orosimbo Maia, com 46 milímetros até as 18h30, segundo a...

Vinhedo abre processo seletivo para 12 vagas temporárias para médicos; veja áreas de atuação

Oportunidades são para profissionais das áreas de clínico geral, pediatria e medicina de família. Vinhedo abriu processo seletivo...

'Se tiver vacina para comprar, vamos comprar', diz Dário ao sinalizar Campinas em consórcio

Prefeito diz que aquisição pode ser feita com repasses de ministério ou remanejamento interno. Metrópole inicia na segunda-feira...

Mogi Guaçu restringe circulação e fecha farmácias e mercados; cidade é 1ª da região a adotar medidas mais restritivas

Regras passam a valer na madrugada de terça-feira (2) e foram adotadas após aumento em casos, mortes e...
- Advertisement -