domingo, maio 16, 2021

Comércio de rua de Campinas tem aumento de 17% no faturamento médio diário na fase de transição


Levantamento da Acic aponta melhora em relação a fase emergencial, com as lojas fechadas para o atendimento presencial. Faturamento atual, entretanto, ainda representa 51% do volume de vendas pré-pandemia. Primeiro dia da reabertura do comércio de rua em Campinas (SP) na fase de transição, no dia 19 de abril de 2021
Paulo Gonçalves/EPTV
A reabertura das lojas para atendimento presencial na fase de transição do Plano SP, que define as regras para abertura das atividades econômicas durante a pandemia de Covid-19, fez o comércio de rua de Campinas (SP) registrar aumento de 17% no volume de vendas.
De acordo com a Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic), o faturamento médio diário saltou de R$ 16,3 milhões durante a fase emergencial, a mais restritiva, para R$ 19,1 milhões nos primeiros dias da retomada das atividades presenciais.
Apesar da melhora, esse faturamento ainda representa 51% do volume de vendas que o setor registrava antes da pandemia da Covid-19, que era de R$ 37 milhões por dia.
O levantamento da Acic compara os negócios gerados entre os dias 11 e 17 de abril, quando os comércios ainda só podiam atender a clientela de forma remota ou por entrega, com os números registrados de 19 a 26 deste mês, já durante a fase de transição e também com a possibilidade de retomada de serviços como salões de beleza e academia.
Em Campinas, a prefeitura autoriza o funcionamento do comércio de rua e galerias das 10h às 18h, e dos shoppings entre 12h e 20h. Nos dois casos, há a restrição de atendimento para 25% da capacidade de público.
Ampliação de horário
O governo estadual anunciou, na última quarta-feira (28), que irá manter por mais uma semana todos os municípios paulistas na fase de transição do Plano São Paulo. No entanto, a partir deste sábado, 1° maio, o horário de funcionamento será ampliado para 6h às 20h, mantendo em 25% a capacidade de cada estabelecimento.
Veja o que prevê o Plano SP a partir de 1º de maio:
Atividades comerciais: atendimento presencial entre 6h e 20h;
Escalonamento da entrada e saída nos empreendimentos comerciais;
Atividades religiosas: atividades presenciais individuais e coletivas;
Toque de recolher entre 20h e 5h segue em vigor;
Atividades administrativas não essenciais continua em teletrabalho;
Restaurantes e similares: consumo local entre 6h e 20h;
Atividades culturais (cinemas, teatros, museus, eventos e convenções): atividades presenciais entre 6h e 20h;
Academias: atividades presenciais entre 6h e 20h
Salões de beleza e barbearia: atividades presenciais entre 6h e 20h
Parques e bosques: funcionamento entre 6h e 20h
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Homem é atropelado e morre ao tentar atravessar Rodovia Santos Dumont, em Indaiatuba

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, vítima empurrava uma bicicleta quando foi atingida pelo veículo, que...

Estudante é morta a facadas pelo companheiro em Santa Bárbara d'Oeste

Janaína Amorim Pereira da Silva, 24 anos, foi encontrada morta neste domingo (16) pela mãe e irmã; suspeito...

Vacinação: 87% dos brasileiros de 70 a 79 anos receberam ao menos uma dose

A vacinação contra a Covid-19 de pessoas com idades entre 70 e 79 anos chegou a 87,5% dos brasileiros. O quantitativo animador, porém, diz...

Superlaboratório Sirius 'abre as portas' ao público com visita virtual guiada nesta segunda

Evento começa às 10h e apresenta detalhes da maior estrutura científica do Brasil, instalada em Campinas (SP). Acelerador...

Com destaque no setor de serviço, região de Campinas inicia semana com 764 vagas de emprego

Levantamento do G1 mostra como se candidatar para postos de trabalho em 11 cidades. Em Hortolândia, há 120...
- Advertisement -