sexta-feira, abril 16, 2021

Concurso do IBGE abre 47 vagas de emprego para atuação com pesquisa na região de Campinas


São dois editais abertos com oportunidades em Americana, Amparo, Campinas, Mogi Mirim, Sumaré e Valinhos. Inscrições começam nesta quinta-feira (11). IBGE tem 47 vagas abertas em concurso para emprego temporário na região de Campinas
Divulgação/IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abre nesta quinta-feira (11) as inscrições para 47 vagas de emprego temporário na área de pesquisa na região de Campinas (SP). Em todo o país, são 6,5 mil oportunidades.
São dois editais com vagas nas cidades de Americana, Amparo, Campinas, Mogi Mirim, Sumaré e Valinhos para agente de pesquisas e mapeamento e supervisor de coleta e qualidade.
Os contratos terão duração de até um ano com possibilidade de prorrogação para até três anos, a depender das necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. Os aprovados trabalharão nas pesquisas que constam no calendário de divulgação mensal do IBGE.
O IBGE tem ainda dois processos seletivos abertos para mais de 3,3 mil vagas na região, cujas inscrições vão até a próxima sexta-feira (19) para agente censitário e recenseador do Censo 2021.
Agente de pesquisas e mapeamento
Ao todo, o edital conta com 42 vagas, divididas nas modalidades Ampla Concorrência (AC), Pessoa com Deficiência (PCD) ou Pessoa Preta ou Parda (PPP).
O salário para a função é de R$1.387,50, com pré-requisito é ter nível médio de escolaridade. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, com atribuições como visitar domicílios e estabelecimentos e coletar dados visando à realização de pesquisas de natureza estatística. Confira o edital.
Vagas na Região de Campinas
As inscrições devem ser feitas através de formulário disponível até 26 de março. A taxa é de R$ 33,98.
A prova objetiva será aplicada no dia 2 de maio, das 13h às 17h, nos municípios onde as vagas são oferecidas. São 60 questões de múltipla escolha das seguintes disciplinas:
Língua portuguesa: 20
Matemática e raciocínio lógico: 15
Ética no serviço público: 5
Geografia: 20
Supervisor de coleta e qualidade
O edital oferece cinco vagas, todas de ampla concorrência. Para esta função, o salário é de R$ 3,1 mil. O candidato deve ter nível médio de escolaridade.
Para se inscrever, é preciso preencher o formulário até o dia 26 de março e pagar uma taxa de R$ 30,27. A prova objetiva também será aplicada no dia 2 de maio, das 13h às 17h, nas cidades onde há vagas. Confira:
Vagas na Região de Campinas
As questões da prova serão divididas nas seguintes disciplinas:
Língua portuguesa: 14
Matemática e raciocínio lógico: 8
Ética no serviço público: 5
Noções de informática: 5
Noções de administração e situações gerenciais: 14
Geografia: 14
Os aprovados deverão cumprir jornada de 40 horas semanais. Entre as atribuições, estão a organização, o planejamento e execução de atividades previstas para as pesquisas e levantamentos, além do gerenciamento, acompanhamento e controle dos trabalhos desenvolvidos nas agências de coleta. Veja mais informações no edital.
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Taxa de reprodução da Covid-19 volta a subir em Campinas, mas segue indicando regressão da pandemia

Metrópole atingiu índice de 0,9 e resultados menores que 1 sugerem que casos...

Emdec bloqueia dois trechos do Jardim Londres para obras da Sanasa neste fim de semana

Bloqueios ocorrem entre as ruas Ferdinando Panattoni e Oswaldo Oscar Barthelson e no cruzamento das vias Geraldo Nogueira...

Shoppings de Campinas reabrem a partir de domingo com horário e capacidade limitada

Estabelecimentos voltam a funcionar das 11h até às 19h, com 25% da capacidade de lotação, após prefeitura anunciar...

Maranhão cria rede de acolhimento a pessoas com sequelas da Covid-19

Pacientes com sequelas da Covid-19 vão contar com um sistema de atendimento na saúde estadual. O governador Flávio Dino anunciou, nesta sexta-feira, a implantação...

Campinas regulamenta permissão para guardas municipais usarem armas particulares em serviço

Portaria publicada nesta sexta-feira regulariza uso de equipamentos considerados 'armas curtas' além da que a corporação fornece aos...
- Advertisement -