quarta-feira, maio 5, 2021

Conselho da Unicamp homologa nomes indicados por reitor para 'cúpula' da universidade até 2024


Seis indicações feitas por Antonio José de Almeida Meirelles, o Tom Zé, foram aprovadas durante votação realizada nesta terça. Elas são para os cargos de coordenação-geral e pró-reitorias. Acesso ao campus da Unicamp, em Campinas
Antoninho Perri / Unicamp
O Conselho Universitário da Unicamp (Consu) homologou na manhã desta terça-feira (27) os primeiros seis nomes que vão integrar a “cúpula” da universidade estadual até dezembro de 2024. Todos foram indicados pelo novo reitor, Antonio José de Almeida Meirelles, o Tom Zé, que tomou posse dia 19.
A votação ocorreu durante uma sessão extraordinária que durou quase uma hora. Veja abaixo lista.
Coordenadora-geral: Maria Luiza Moretti – vice reitora (Faculdade de Ciências Médicas)
Pró-reitor de Desenvolvimento Universitário: Fernando Sarti (Instituto de Economia)
Pró-reitor de Pesquisa: João Marcos Travassos Romano (Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação)
Pró-reitor de Graduação: Ivan Felizardo Contrera Toro (Faculdade de Ciências Médicas)
Pró-reitor de Extensão e Cultura: Fernando Antonio Santos Coelho (Instituto de Química)
Pró-reitora de Pós-Graduação: Rachel Meneguello (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas)
Órgão máximo de deliberação da instituição, o Consu é formado por 77 integrantes, entre eles, diretores de faculdades e dos colégios técnicos da Unicamp, além de representantes dos professores, de servidores técnico-administrativos, dos estudantes da graduação e pós, e da comunidade externa.
Tom Zé chegou ao cargo após vencer a consulta acadêmica e ser nomeado pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Em entrevista ao G1, ele defendeu mudanças na gestão do setor de saúde, destacou que a Unicamp deve ter aproximação com o mercado e colocou a promoção interna como uma das metas durante a gestão que conduzirá ao lado da médica e vice-reitora Maria Luiza Moretti.
Mudanças na saúde, foco em mercado e valorização interna; veja propostas de Tom Zé
A Unicamp em números
A universidade tem orçamento estimado em R$ 2,84 bilhões, incluindo R$ 208,6 milhões de uma reserva financeira com objetivo de cobrir déficit de anos anteriores e o total previsto neste exercício.
Atualmente, ela é responsável por 8% da pesquisa acadêmica no país e tem 37 mil alunos matriculados em 65 cursos de graduação e 158 de pós. Já o quadro de funcionários ativos é formado por aproximadamente 2 mil professores e 7,1 mil servidores técnico-administrativos.
Além dos campi instalados em Campinas (SP), Limeira (SP) e Piracicaba (SP), a universidade estadual também contabiliza as áreas de dois colégios técnicos – Cotuca (Campinas) e Cotil (Limeira) – além do Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas, em Paulínia (SP).
Playlist: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Covid-19: Campinas abre agendamento da vacinação para maiores de 60 anos nesta quarta

Cadastro também estará disponível para trabalhadores de saúde a partir de 35 anos....

Covid: Campinas anuncia fim da fila de pacientes à espera por leitos de UTI e enfermaria

Desde que dados foram divulgados pela primeira vez, cidade registrou fila por vagas por 47 dias seguidos. Taxa...

Indaiatuba libera funcionamento do comércio até 22h na véspera do Dia das Mães

Medida é exclusiva para esta sexta (7) e sábado (8) e também se aplica a shoppings e galerias....

Vinhedo cadastra maiores de 60 anos para vacinação contra a Covid-19 e retoma aplicação de 2ª dose da CoronaVac

Cadastro deve ser feito pela internet e não garante o agendamento, já que as doses serão aplicadas conforme...

Campinas confirma mais 20 mortes por Covid-19 e totaliza 3.074; infectados são 94.291

Boletim desta quarta indica que novas vítimas são 15 homens e 5 mulheres. Levantamento indica mais 1.021 casos...
- Advertisement -