domingo, maio 9, 2021

Covid-19: Hortolândia adia retorno às aulas presenciais na rede municipal para 14 de junho


Atividades voltariam em maio, mas foram adiadas para prevenir novos casos da doença e devido à vacinação de profissionais da educação ainda estar em fase inicial. Medida afeta 26 mil alunos. Prefeitura de Hortolândia anunciou o adiamento das aulas presenciais na rede municipal nesta segunda-feira
Acervo Prefeitura Municipal de Hortolândia
Hortolândia (SP) vai adiar o retorno das atividades presenciais nas escolas da rede municipal. A retomada estava programada para o dia 3 de maio, mas foi prorrogada para 14 de junho “em razão do combate e prevenção a novos casos da Covid-19 na região”, informou a prefeitura.
De acordo com o último boletim divulgado, a cidade contabiliza 12.04 moradores infectados, sendo que 455 deles não resistiram às complicações da doença e vieram a óbito.
Em nota, a administração destaca que a decisão também foi pautada pelo fato de a vacinação dos profissionais da educação ainda estar em etapa inicial – apenas aqueles que têm 47 anos ou mais e que atuam na Educação Infantil ou Ensino Médio podem se vacinar.
Por terem sido classificadas pelo governo estadual como serviço essencial, as escolas podem funcionar mesmo durante as fases de transição (atual) e vermelha do Plano SP. Vale lembrar, no entanto, que as prefeituras têm autonomia para adotar restrições mais rígidas.
Hortolândia conta atualmente com cerca de 26 mil alunos e 2 mil profissionais distribuídos em 58 unidades escolares da rede municipal. O adiamento vale para os alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental, da Educação Integral I e da EJA (Educação de Jovens e Adultos). Um novo planejamento de retomada está previsto para ser divulgado no dia 7 de junho.
Já as aulas presenciais nas escolas das redes estadual e particular foram liberadas desde que o estado de São Paulo decretou o fim da fase emergencial.
Enquanto as atividades presenciais nas escolas municipais em Hortolândia seguem suspensas, as aulas continuarão sendo realizadas de maneira remota, com postagem de atividades pedagógicas no site da prefeitura.
Adiamento também em Indaiatuba
Outra cidade da região de Campinas (SP) que também adiou o retorno às aulas presenciais na rede municipal foi Indaiatuba (SP). A retomada por lá agora está prevista para acontecer na segunda quinzena de maio. A medida anunciada no dia 14 de abril afeta cerca de 25 mil alunos das escolas e de ONGs conveniadas, que recebem subsídio do município.
VÍDEOS: Veja o que é destaque na região de Campinas
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Sputnik V: os entraves que ainda dificultam o uso da vacina no Brasil

Nenhum outro fabricante de vacina contra a Covid-19 encampou um embate público tão ruidoso com a Agência Nacional de...

Santo Antônio de Posse oferece palestra gratuita sobre fotografia de rua; veja como participar

Evento acontece no dia 10 de maio, das 18h às 21h, em conferência online. Ao todo, são 100...

Unicamp 2022: comissão divulga prazo para pedidos de isenção; veja critérios

Solicitações podem ser feitas a partir do dia 24 de maio, segundo a universidade. Assim como no ano...

Fogo próximo à linha férrea mobiliza bombeiros em Valinhos; vídeo

Chamas foram controladas rapidamente e ninguém se feriu. Corporação afirma que incidentes como esse são comuns durante o...

Carro capota e deixa duas mulheres feridas na SP-340 em Santo Antônio de Posse

Acidente aconteceu às 13h10 e uma das faixas ficou bloqueada por 30 minutos. Passageiras foram encaminhadas para a UPA de Jaguariúna. ...
- Advertisement -