terça-feira, abril 13, 2021

Covid-19: Regional de Campinas atinge média móvel de 288 novas internações por dia


Em um mês, média de novas internações em UTI e enfermaria no DRS-7 cresceu 126,7%. Movimentação de equipes médicas na chegada de pacientes com covid-19 ao Hospital Metropolitano, em Campinas, no interior de São Paulo, na manhã deste sábado, 13 de março de 2021
Karen Fontes/Código19/Estadão Conteúdo
A média móvel de novas internações por Covid-19 no Departamento Regional de Saúde 7 (DRS-7), cuja sede administrativa é Campinas (SP), chegou a 288/dia, um novo recorde na pandemia. Para efeito de comparação, o número divulgado nesta terça-feira (23) é 126,7% maior que o registrado há um mês (127/dia).
De acordo com a Fundação Seade, somente nesta segunda-feira (22), a regional registrou 321 novas internações pela doença em leitos de UTI e enfermaria.
A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid chegou a 94,6% no DRS-7. A escalada que teve início em fevereiro no total de internações faz a regional bater recorde atrás de recorde, superando os números registrados na primeira onda da pandemia.
Infectologista da Unicamp, Raquel Stucchi havia alertado, na última quinta-feira (18), para a possibilidade do sistema de saúde vir a colapsar em breve.
“Com esse número de internações diárias, você abre leitos e eles vão ficar ocupados por dez, 14 dias. E as pessoas continuam chegando para serem internadas. Então nós teremos um cenário de terror. Com pessoas morrendo no carro, enquanto aguardam na porta dos hospitais, morrendo nas calçadas, próximo aos hospitais”, disse a infectologista.
Municípios na DRS-7
O DRS-7 abrange 42 municípios.
São eles: Águas de Lindóia, Americana, Amparo, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Cabreúva, Campinas, Campo Limpo Paulista, Cosmópolis, Holambra, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Lindóia, Louveira, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antônio de Posse, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tuiuti, Valinhos, Vargem, Várzea Paulista e Vinhedo.
Hospital de Campanha no AME
Entre as apostas do governo estadual para reforçar os leitos Covid na região de Campinas está na abertura do Hospital de Campanha no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) até o final de março. Estão previstos 25 leitos novos de UTI adulto e cinco de enfermaria.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Avião da Azul faz pouso de emergência no Galeão após piloto relatar fumaça a bordo

Dois passageiros que se sentiram mal durante a situação precisaram ser atendidos pelo...

DIG prende suspeito e apreende fios roubados que seriam trocados por drogas em Indaiatuba

Policiais civis também localizaram porções de entorpecentes, simulacro de revólver, faca e cerca de R$ 2,5 mil em...

Em 100 dias, rede municipal atende o equivalente a 11% da população de Campinas com suspeita de Covid-19

Percentual representa cerca de 133 mil pessoas que procuraram consulta médica em UBSs, UPAs ou nos hospitais mantidos...

Campinas abre agendamento da vacinação contra Covid-19 para maiores de 67 anos

Cadastro deve ser feito no site, onde será informado horário e local de aplicação. Cidade conta com cinco...

Banco de leite da Maternidade em Campinas atinge nível mais crítico da pandemia; veja como doar

Hospital tem estoque de 139 litros, volume 30,5% inferior aos 200 indicados como mínimo ideal, e reivindica doações....
- Advertisement -