domingo, abril 18, 2021

Decreto para formalizar sucessão na Prefeitura de Hortolândia após morte de Perugini vai à votação na Câmara nesta segunda-feira


Chefe do Executivo morreu após complicações da Covid-19 no dia 1º, após ficar dois meses internado. Vice Zezé (PL) já estava à frente do Executivo, de forma interina, desde 15 de fevereiro. Vice-prefeito de Hortolândia fala sobre morte de Perugini: ‘deixou equipe preparada’
Os vereadores de Hortolândia (SP) votam na tarde desta segunda-feira (5), em sessão extraordinária, o decreto legislativo que formaliza a sucessão na Prefeitura após a morte do prefeito, Angelo Perugini (PSD), por complicações da Covid-19. O cargo será ocupado pelo vice dele, José Nazareno Gomes, o Zezé Gomes (PL), que já estava à frente do Executivo desde 15 de fevereiro.
O texto que formaliza a sucessão será lido e votado a partir das 15h em reunião presencial, mas sem a presença de público, diz o Legislativo. O decreto tem como base um artigo da Lei Orgânica Municipal e, de acordo com a Casa, como Zezé foi empossado vice, em janeiro, não é preciso nova solenidade.
Perugini teve óbito confirmado na manhã de 1º de abril, após ficar dois meses internado na UTI de um hospital em São Paulo. O político, que teve diagnóstico positivo para Covid-19 divulgado em 1º de fevereiro pela administração, foi eleito para comandar a cidade por quatro vezes durante a trajetória.
Perugini foi sepultado na sexta-feira, em Jacutinga (MG). Ele foi casado com a ex-deputada federal e estadual Ana Perugini e deixa três filhos. Ele foi conduzido à prefeitura pela quarta vez, em janeiro, após vencer as eleições municipais de 2020 com 52,05% dos votos válidos.
Veja a repercussão no meio político
Relembre a última entrevista de Perugini à EPTV
Família destaca ‘legado de muito trabalho e esperança’
Reeleito, Angelo Perugini explica os projetos para o novo mandato em Hortolândia
Repercussão
A morte de Perugini repercutiu no meio político. O prefeito foi lembrado e homenageado por líderes e colegas, entre eles o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o prefeito de Campinas (SP), Dário Saadi (Republicanos), e o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Veja as mensagens.
Angelo Perugini, prefeito de Hortolândia, durante campanha nas eleições de 2020, quando foi eleito pela quarta vez
Reprodução/Facebook
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Médica sanitarista e ex-diretora de Saúde de Campinas, Maria Haydée morre aos 69 anos

Defensora da saúde pública, Haydée também atuou como presidente do Conselho Municipal...

Em um dia, Conexão Solidária arrecada 163 toneladas de alimentos nas regiões de Campinas e Piracicaba

Terceira etapa da campanha organizada pela EPTV e prefeituras ocorreu neste sábado. Doações serão destinadas às famílias em...

Operação toque de recolher fecha 12 estabelecimentos e lacra 1 em Campinas nesta sexta

Balanço divulgado neste sábado (17) pela prefeitura mostra que, de 18 de março, data em que as fiscalizações...

Acidente em Valinhos deixa 5 feridos e mobiliza bombeiros de três cidades

Colisão entre dois veículos ocorreu na Estrada dos Jequitibás. Vítimas, dentre elas uma mulher que estaria grávida, foram...

Covid-19: cresce em 27% o número de vacinas em fase final de estudos

A corrida para o desenvolvimento de vacinas contra Covid-19 teve um aumento de 27% em novos antígenos em etapa final de testes — a...
- Advertisement -