domingo, maio 9, 2021

Depois de 13 procedimentos, mulher tem trigêmeos com ajuda de 'útero solidário': 'Melhor Dia das Mães da minha vida'


Alana Generoso, de Campinas (SP), sonhava em ser mãe, mas não podia ter filhos devido a uma má formação no útero. O sonho da empresária pôde se concretizar quando uma prima, Silvana Rosa, se ofereceu para gestar os bebês. Veja história de Alana, que realizou sonho da maternidade após barriga solidária da prima
oadnio oo!al-oo airser analA air
A empresária Alana Generoso, de Campinas (SP), viu o sonho de ser mãe desmoronar quando descobriu, durante um exame de rotina, que uma má formação no útero a impediria de ter filhos. Após 13 procedimentos fracassados, a empresária pôde realizar o sonho de longa data quando uma prima, Silvana Rosa, se ofereceu para gestar os bebês em um “útero solidário”.
“Deus me deu dois presentes maravilhosos e mais um anjo de brinde. Esse será o Dia das Mães mais feliz da minha vida”, descreve a empresária.
No total, Alana passou por seis cirurgias para tentar a reconstrução do útero e mais sete tentativas de inseminação artificial, todas sem sucesso. Após repetidas frustrações e diante da possibilidade de ajudar, a prima de empresária decidiu carregar os óvulos de Alana, resultando em uma gestação de trigêmeos.
“Na hora [em que eu decidi] eu não sei, acho que foi Deus mesmo. Na hora passou pela minha cabeça e por que não ajudá-la? Se eu tive duas gestações tranquilas e nove meses passam tão rápido, e eu não pensei duas vezes em ajudá-la”, lembra Silvana.
Assista à história emocionante no vídeo acima, a segunda de seis reportagens da EPTV em homenagem ao Dia das Mães.
Autorização judicial
As primas, então, deram início ao procedimento para o chamado “útero solidário” já que, no Brasil, a prática de “barriga solidária” é considerada ilegal. Alana conta que o processo foi burocrático: elas passaram por laudo médico psicológico, registro dos documentos e submissão para a Justiça.
“Nós documentamos toda essa papelada e ela foi para a Justiça, em Brasília. Em sete meses saiu a autorização judicial. Nesses sete meses de espera, eu fiz a indução e tomei 80 injeções na barriga para poder ovular e ter os meus óvulos, aí eu tinha os meus óvulos e o sêmen do doador que eu tinha escolhido”, relata.
Alana com Henrique, Heitor e Helena no dia do nascimento de seus filhos
Reprodução/EPTV
Surpresa tripla
A primeira tentativa de implantação dos embriões fracassou, mas, na segunda, Silvana engravidou. Após o teste positivo, Alana e Silvana foram fazer o primeiro ultrassom e a surpresa foi ainda maior.
‘”Ele colocou a sonda dentro dela e epa, um coraçãozinho. Ela falou ‘nossa, Alana, tem um coraçãozinho aqui batendo’ e eu disse ‘ai meu Deus, um ficou’. Aí de novo ela falou ‘outro coraçãozinho’ e eu falei ‘ai meu Deus, ficou os dois’. Aí ela falou: ‘te digo mais, tem mais um'”, conta Alana.
Helena, Heitor e Henrique, filhos de Alana, nasceram com saúde no dia 21 de setembro de 2020. “Parece que eu sonhei, porque eles são tão lindos que eu falo ‘gente, saiu de mim?’, porque não é possível, são lindos demais. Agora sou mãe de dois, ‘dinda’ de três… é lindo”, finaliza Silvana.
Alana contou com a ajuda da prima Silvana para ser mãe de trigêmeos
Reprodução/EPTV
VÍDEOS: Veja mais assuntos de Campinas e região
d
00:00 / 26:44
Veja mais notícias da região em G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Sputnik V: os entraves que ainda dificultam o uso da vacina no Brasil

Nenhum outro fabricante de vacina contra a Covid-19 encampou um embate público tão ruidoso com a Agência Nacional de...

Santo Antônio de Posse oferece palestra gratuita sobre fotografia de rua; veja como participar

Evento acontece no dia 10 de maio, das 18h às 21h, em conferência online. Ao todo, são 100...

Unicamp 2022: comissão divulga prazo para pedidos de isenção; veja critérios

Solicitações podem ser feitas a partir do dia 24 de maio, segundo a universidade. Assim como no ano...

Fogo próximo à linha férrea mobiliza bombeiros em Valinhos; vídeo

Chamas foram controladas rapidamente e ninguém se feriu. Corporação afirma que incidentes como esse são comuns durante o...

Carro capota e deixa duas mulheres feridas na SP-340 em Santo Antônio de Posse

Acidente aconteceu às 13h10 e uma das faixas ficou bloqueada por 30 minutos. Passageiras foram encaminhadas para a UPA de Jaguariúna. ...
- Advertisement -