domingo, junho 13, 2021

Doria diz confiar em 'fase de normalidade' sobre importação do IFA da China para produção da CoronaVac


Governador de SP destacou atual diplomacia do Brasil com governo chinês ‘sem agressões’ e com estímulo às autorizações necessárias para a liberação da importação de insumos destinados ao Instituto Butantan. Governador do Estado de São Paulo, João Doria, durante visita a Mogi Guaçu
Vaner Santos/EPTV
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta quinta-feira (10) estar confiante sobre as próximas importações de insumos chineses para a produção da vacina CoronaVac contra a Covid-19. O político destacou ações da atual diplomacia do Brasil com o governo chinês “sem agressões” e com estímulo às autorizações necessárias para que o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) chegue ao país.
“Estamos confiantes de que entramos numa fase de normalidade”, afirmou Doria.
Com total de aproximadamente 50 milhões de doses entregues até a próxima segunda (14) ao Ministério da Saúde, segundo o governo estadual, a expectativa é que o montante alcance 100 milhões de doses produzidas e envasadas pelo Instituto Butantan até 30 de setembro.
“O atual chanceler do Brasil, França, que é o ministro das Relações Exteriores, está tendo um outro comportamento nas relações diplomáticas com a China e agindo de forma correta neste entendimento, sem agressões, obviamente, e estimulando a bilateralidade dessas relações, seja no plano institucional, no plano comercial e , especialmente, no que se refere às autorizações para a liberação da importação de insumos para a vacina do Butantan, a CoronaVac”, completou.
No dia 28 de junho, o país espera receber 6 mil litros da matéria-prima, que permitirá a produção de 10 milhões de doses da CoronaVac.
Doria acredita não enfrentar mais problemas para importação do IFA da CoronaVac
Cristine Rochol/PMPA/Divulgação
Produção suspensa por falta de IFA
Em 14 de maio, o Butantan chegou a suspender completamente a produção da vacina por falta de matéria-prima chinesa. Cidades de 18 estados brasileiros interromperam a aplicação da segunda dose. Na ocasião, SP atribuiu os entraves na importação a problemas de diplomacia causados pelo governo federal, devido às constantes declarações contra a China – que também fornece o IFA para a fabricação da vacina Oxford/AstraZeneca, pela Fiocruz.
Após a chegada do IFA ao Butantan, uma espera média de 24 horas é necessária para que seja possível iniciar o envase. Nesse período, são avaliados diversos fatores, como a variação de temperatura sofrida com a viagem.
Que vacina é essa? Coronavac
Nesta quarta (9), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o início dos testes com a ButanVac, vacina nacional contra o coronavírus que foi desenvolvida pelo Butantan e já teve a produção iniciada.
“Nos já temos mais de 7 milhões de doses dessa vacina pronta, estão estocadas e refrigeradas no Instituto Butantan, e vamos produzir 18 milhões até 30 de julho e 40 milhões até 30 de setembro”, frizou Doria.
O governador também manteve a previsão para todos os 645 municípios de ter imunizado toda a população vacinável do estado até 15 de outubro.
Visita a Mogi Guaçu
Em visita à Mogi Guaçu, região de Campinas (SP), nesta manhã, Doria anunciou investimento de R$ 84,3 milhões para obras de recuperação e modernização da Rodovia SPI-177/342, uma interligação da Rodovia Adhemar Pereira de Barros, que liga a cidade a Itapira. Os serviços serão executados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).
A obra inclui a pavimentação dos acostamentos e implantação de faixas adicionais em um trecho que vai do km 0 ao km 22,9, e vai afetar o percurso de cerca de seis mil veículos por dia. A via é estratégica para o escoamento da produção agrícola da região.
“O investimento na rodovia entre Mogi Guaçu e Itapira vai gerar 292 empregos, entre vagas diretas e indiretas. A estimativa de conclusão da obra é de 24 meses”, informou o governo estadual.
Também serão modernizadas quatro estradas vicinais da região, com aporte de R$ 68,2 milhões. São elas:
BRO-040, em Brotas
SGT-020, entre Santa Gertrudes e Rio Claro
SGT-273, ligação ao Distrito Industrial, em Santa Gertrudes
NV-20 CAC-020, ligação de Caconde à divisa de Muzambinho, em Minas Gerais
“As quatro vias estão incluídas na fase 1 do programa Novas Estradas Vicinais. Somente nesta etapa, o Governo de São Paulo vai gerar cerca de 15 mil empregos, entre vagas diretas e indiretas em diversas regiões do estado. Até o final de junho, o Governo do Estado vai anunciar a fase 2 do programa”, disse a administração estadual.
Doria assina liberação de verba para obras em rodovia entre Mogi Guaçu e Itapira
VÍDEOS: veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Curso de telemarketing para pessoas com deficiência abre vagas em Mogi Guaçu e Mogi Mirim

Capacitação de operador na área é ofertada em parceria com o Estado; veja...

Covid-19: Fiocruz garante entregas previstas de vacina até 10 de julho

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu neste sábado, 12,  um novo lote de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), a matéria-prima, da vacina contra a Covid-19...

Drive-thru da Campanha do Agasalho arrecada 29 toneladas de doações nas regiões de Campinas e Piracicaba

Ação ocorreu neste sábado das 8h às 17h em 23 cidades da área de cobertura da EPTV. Campanha...

Campinas vacina 25.518 pessoas no 3º Dia D de imunização contra a Covid; 25,4 mil receberam 1ª dose

Aplicação das doses foi feita por agendamento em 63 Centros de Saúde da metrópole neste sábado (12). Meta...

Corporação Villa-Lobos de Indaiatuba apresenta concerto virtual em homenagem ao Dia dos Namorados

Apresentação "O amor está no ar" é gratuita e pode ser assistida pelo canal do Youtube, às 20h....
- Advertisement -