terça-feira, abril 13, 2021

Empresário investigado por ameaçar Lula em vídeo é identificado no interior de SP e vai à capital para depor


Homem, identificado como José Sabatini, mora em Artur Nogueira, na região de Campinas, estava na cidade quando foi abordado por policiais do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), informou a Polícia Civil. Empresário do interior de SP é investigado após fazer ameaças ao ex-presidente Lula
Reprodução
A Polícia Civil de Artur Nogueira (SP) confirmou nesta quarta-feira (17) a identidade do empresário que gravou um vídeo ameaçando o ex-presidente Lula no último fim de semana. Segundo o delegado Lúcio Petrocelli, o homem que aparece na imagem é José Sabatini, de 70 anos.
Nesta manhã, policiais do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), da capital paulista, fizeram uma diligência até Artur Nogueira para encontrar Sabatini, que aceitou ir a São Paulo para ser ouvido, explicou o delegado Petrocelli ao G1. O empresário tem residência na cidade.
As investigações deste caso serão conduzidas pelo DHPP. O advogado de Sabatini ainda não foi localizado para se posicionar sobre o vídeo e os desdobramentos.
Ameaça em vídeo
No vídeo postado em redes sociais, o empresário aparece com uma camiseta do Brasil e a bandeira do país enrolada na cintura, com uma arma na mão. Ele faz disparos e, dirigindo-se a Lula, aponta para a arma e diz que o ex-presidente “vai ter problema”.
Lula antes do discurso no ABC, nesta quarta-feira (10).
REUTERS/Amanda Perobelli
Na última segunda-feira (15), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), determinou que a polícia abrisse uma investigação sobre o homem responsável por divulgar um vídeo fazendo ameaças de morte ao ex-presidente Lula.
O Inquérito Policial foi aberto na mesma noite, informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP). “O trabalho investigativo requer sigilo nas informações”, diz a nota. A Polícia Civil apura, além do crime de ameaça, a suspeita de incitação ao crime, calúnia, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e disparo de arma de fogo.
José Sabatini é morador de Artur Nogueira e já foi membro da presidência da Associação Comercial e Empresarial da cidade (Acean). Procurada pelo G1, a instituição não quis comentar o caso, mas confirmou que é Sabatini quem aparece no vídeo investigado pela polícia.
A empresa dele é uma indústria hidráulica na cidade, que também não quis se posicionar.
Homem aponta para a arma e ameaça o ex-presidente Lula em vídeo que circula nas redes sociais
Reprodução/Redes sociais
Impedido de propagar vídeo
Nesta terça (16) a Justiça de São Paulo proibiu o homem apontado como autor do vídeo de continuar divulgando ou propagando as imagens nas redes sociais, na internet, ou por qualquer outro meio.
Na decisão, o magistrado diz que, em caso de descumprimento, o homem será condenado a multa de R$ 1 mil por dia.
“Defiro a liminar para determinar que o réu se abstenha de compartilhar, reproduzir ou propagar, por quaisquer meios, o vídeo objeto desta lide ou mensagem de igual teor ou sentido, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 até o limite de R$ 100.000,00”, escreveu o juiz.
VÍDEOS: Veja o que é destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Região de Campinas tem 51 mil aptos à tarifa social de energia, mas que estão fora do cadastro

Levantamento mostra que famílias que se enquadram nos critérios do benefício deixam de...

Após semanas lotados, hospitais privados de SP têm queda nas internações

A pandemia do coronavírus parece apresentar sinais de melhora no estado de São Paulo. Na sexta-feira, 9, o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, revelou...

Campinas registra déficit de 12 mil doses de vacina contra a Covid para profissionais da saúde

Secretaria de Saúde enviou ofício pedindo o envio de mais doses, além de destacar que possui capacidade para...

Caminhão perde freio e atinge postes e muro de casa em Campinas

De acordo com a Polícia Militar, ninguém ficou ferido durante a ocorrência na Vila Aeroporto. Caminhão perdeu o...

Lentidão na aplicação de doses lota posto de imunização contra Covid-19 em Campinas

Prefeitura afirma que sistema de agendamento apresentou instabilidades, o que gerou espera. Morador relata demora de até uma...
- Advertisement -