sábado, fevereiro 27, 2021

Enem 2020 começa para 61,3 mil candidatos da região de Campinas; veja orientações


Primeira prova ocorre neste domingo (17) e portões abrem às 11h30. Inscritos devem realizar as avaliações de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. Pesquisa realizada em junho apontava que, dos jovens que pretendiam fazer o Enem, quase a metade havia pensado em desistir da prova
Mariana Leal/MEC
A primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começa para 61,3 mil candidatos inscritos na região de Campinas (SP), neste domingo (17), segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os portões dos locais de avaliação abrem a partir das 11h30, fecham às 13h e o exame começa às 13h30. O término é previsto para as 19h.
O total de inscritos foi contabilizado em 19 cidades da área de cobertura do G1 Campinas. Veja abaixo detalhes por município, o que pode ser levado na prova e as medidas adotadas em meio à pandemia.
COMO SE PROTEGER DA COVID-19 NO ENEM
Neste primeiro dia serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. A avaliação objetiva reúne 45 questões de múltipla escolha e aborda as disciplinas de língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação, história, geografia, filosofia e sociologia.
O total de inscritos representa um aumento de 4,87% no comparativo com a edição anterior, quando foram registrados 58.452 candidatos pela organização do processo seletivo.
A orientação para candidatos diagnosticados com a Covid-19 não façam a prova, uma vez que eles podem remarcar a prova. Para isso, basta anexar o laudo médico com informações sobre as condições de saúde do candidato na “página do participante”.
Enem 2019 na região de Campinas
Procurado pelo G1, o instituto não informou o número de locais de aplicação da prova em cada cidade.
Baixe o aplicativo G1 Enem, jogo de perguntas e respostas
Candidatos contam que pandemia virou pressão extra para a hora da prova
Enem 2020: saiba como consultar o local de provas
Aulão do G1 traz dicas para estruturar a sua redação; veja vídeos
Segunda prova
No próximo domingo (24), os candidatos realizam as provas de ciências da natureza e suas tecnologias, além de matemática e suas tecnologias. O exame terá duração de cinco horas e reúne 45 questões de múltipla escolha nas seguintes disciplinas: química, física, biologia e matemática.
O que levar
Obrigatório: Caneta preta confeccionada em material transparente
Obrigatório: Documento de identificação original com foto, podendo ser identidade, carteira de registro nacional migratório, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte e carteira de motorista (CNH)
Obrigatório: Máscara de proteção cobrindo nariz e boca
Caso o documento tenha sido roubado ou furtado antes do exame, o candidato deverá apresentar o boletim de ocorrência expedido por um órgão policial há, no máximo, 90 dias.
O que NÃO pode levar:
Documentos como certidão de nascimento ou de casamento, título eleitoral, CNH anterior a 1997, carteirinha de estudante, crachás, vias digitais ou cópias autenticadas não serão aceitos.
Telefones celulares e quaisquer equipamentos eletrônicos devem ser desligados e guardados em um envelope lacrado, que permanecerá debaixo da carteira. Entram na lista: calculadoras, agendas eletrônicas, tablets, ipods, gravadores, pen drive, relógio, chaves com alarme, fones de ouvido e gravadores.
Durante a aplicação do exame, se algum aparelho, mesmo que devidamente guardado, emitir som, o candidato será eliminado.
Lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borracha, régua, corretivo, livros, manuais e anotações são proibidos – devem ficar guardados no envelope.
Qualquer dispositivo que receba imagens, vídeos ou mensagens é vetado.
Óculos escuros, bonés, chapéus, viseiras ou gorros não são permitidos.
Protocolos contra a Covid-19
Disponibilização de álcool em gel nos locais de prova e nas salas.
Recomendação de distanciamento social no deslocamento até as salas de provas.
Identificação de candidatos do lado de fora das salas, para evitar aglomeração – haverá marcações no piso para ter distanciamento, caso haja fila.
Contratação de um número maior de salas: na edição de 2019 foram 140 mil locais de aplicação; agora serão 200 mil.
Salas de provas com cerca de 50% da capacidade máxima.
Candidatos idosos, gestantes e lactantes ficarão em salas com 25% da capacidade máxima.
Higienização das salas de aulas, antes e depois do exame.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Valinhos antecipa imunização de idosos entre 80 e 84 anos e espera vacinar mais de 1,3 mil pessoas

Meta deve ser atingida com 80% das doses recebidas. De acordo com a administração, o lote restante...

Campinas autua comércios, e Valinhos tem bate-boca entre motorista e Guarda na 1ª noite de restrição de circulação

Um estabelecimento na metrópole teve as portas fechadas. Condutor de veículo de transporte por aplicativo não conseguiu terminar...

Região de Campinas tem três cidades em estado de atenção para chuvas, diz Defesa Civil

Boletim mostra que Artur Nogueira, Campinas e Pedreira registraram volume de precipitação superior a 80 mm nas últimas...

Oxímetro: taxa de erro é três vezes maior em pessoas de pele negra

Estudo americano mostrou que os oxímetros, aparelhos usados para medir o nível de oxigenação do sangue, sucesso de venda durante a pandemia, oferecem um...

Jovem morre após colisão entre motocicleta e carro em avenida de Campinas

Acidente foi na Avenida Magalhães Teixeira, bairro São Bernardo, próximo ao córrego Piçarrão. Acidente entre moto e carro...
- Advertisement -