segunda-feira, abril 12, 2021

Fase vermelha tem início neste sábado: veja o que pode funcionar na região de Campinas


Fase mais restritiva tem validade até 19 de março. Estado liberou aulas presenciais, mas municípios têm autonomia para interromper atividades. Espírito Santo do Pinhal anunciou que vai permitir abertura de academias e salões de beleza. Mapa do estado atualizado após anúncio do governo de SP
Reprodução/Governo de SP
A região de Campinas (SP) retrocede, a partir deste sábado (6), para a fase vermelha do Plano SP, a mais restritiva para atividades econômicas durante a quarentena contra a Covid-19. O decreto do estado estabelece que apenas serviços essenciais podem funcionar, e restringe o funcionamento de comércios, bares e restaurantes por meio de delivery ou drive-thru
Por outro lado, ao contrário de aplicações anteriores da fase vermelha, o governo desta vez autorizou a continuidade das aulas presenciais nas redes pública e privada, mas as prefeituras têm autonomia para decidir se interrompem as atividades – casos de Campinas (SP) e Valinhos (SP), por exemplo.
Campinas: veja o que pode funcionar na fase vermelha
Hortolândia: restrição de circulação entre 20h e 5h
Paulínia e Valinhos: veja restrições e o que pode funcionar
As duas cidades, além de Hortolândia (SP), Paulínia (SP) e Mogi Guaçu (SP), anteciparam o início de medidas mais restritivas. Por outro lado, Espírito Santo do Pinhal (SP) anunciou que vai permitir que comércios não essenciais, como academias e salões de beleza, continuem abertos.
O que pode funcionar na fase vermelha?
Escolas e universidades
Hospitais, clínicas, farmácias, dentistas e estabelecimentos de saúde animal (veterinários)
Supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres
Delivery e drive-thru para bares, lanchonetes e restaurantes: permitido serviços de entrega
Cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção
Empresas de locação de veículos, oficinas de veículos, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos
Serviços de segurança pública e privada
Construção civil e indústria
Meios de comunicação, empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens
Outros serviços: igrejas e estabelecimentos religiosos, lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica e bancas de jornais.
O que diz o estado sobre Pinhal?
Em nota, o governo estadual disse que “lamenta que alguns gestores municipais finjam não compreender a gravidade que São Paulo e o Brasil enfrentam no pior momento da pandemia em nosso país até aqui, com mais de 260 mil mortos”.
Destacou, ainda, que os gestores que vão contra as determinações do Plano São Paulo “estão mais preocupados com eventuais desgastes políticos e pressões de segmentos econômicos e menos com a defesa da saúde pública, o funcionamento das redes públicas e privadas de saúde e a proteção de dezenas ou centenas de milhares de vidas em suas cidades”.
Por fim, o governo do estado garantiu que as prefeituras que não cumprirem o decreto estadual serão notificadas e o comunicado será encaminhado para conhecimento do Ministério Público, que deve tomar as devidas providências.
Governo de SP anuncia que escolas continuam abertas no estado, apesar da reclassificação das regiões para a fase vermelha do plano SP nesta quarta (3).
Reprodução/GESP
Mudanças na educação
O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, afirmou que as escolas serão mantidas abertas para alunos que realmente precisam ir até as unidades. Os municípios e a rede particular, porém, têm autonomia para definir o funcionamento, e a orientação é para que, quem puder, estude em casa.
As unidades mantidas abertas podem receber até 35% da capacidade na fase vermelha.
“Não temos obrigatoriedade neste momento, e isto é importante. A escola está aberta para quem precisa. Para as famílias que conseguem acompanhar a educação a distância, que têm condições de o filho fazer a distância, permaneça a distância, na escola pública ou privada. Mas para aqueles que realmente precisam é fundamental que a escola esteja aberta”, frisou o secretário.
Movimento na Rua Treze de Maio, em Campinas, na volta à fase vermelha
Giuliano Tamura/EPTV
Toque de restrições
Para tentar reduzir indicadores da Covid-19, como casos graves, mortes e ocupação dos leitos de UTIs, o estado manteve o toque de restrições no período entre 20h e 5h. De acordo com o governo, haverá fiscalizações, por meio de força-tarefa, para entender o contexto de deslocamento e evitar aglomerações. Não foi esclarecido o que será feito com o cidadão que desrespeitar a medida.
O governo do estado garante que o direito de ir e vir não será atingido, mas passa a haver multa para descumprimento de protocolos, para além da penalidade já estabelecida para quem não usa máscara.
A força-tarefa será composta pela Polícia Militar, Procons e vigilâncias sanitárias. De acordo com o Centro de Contingência da Covid-19 no Estado, as denúncias sobre descumprimento podem ser feitas pela população pelo telefone 0800-771-3541.
Municípios da região
O Departamento Regional de Saúde 7 (DRS-7), com sede administrativa em Campinas, abrange 42 municípios. São eles:
Águas de Lindóia, Americana, Amparo, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Cabreúva, Campinas, Campo Limpo Paulista, Cosmópolis, Holambra, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Lindóia, Louveira, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antônio de Posse, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tuiuti, Valinhos, Vargem, Várzea Paulista e Vinhedo.
Na área de cobertura do G1 Campinas ainda há seis municípios que integram a regional de São João da Boa Vista, que, a partir deste sábado, também entra na fase vermelha. São eles: Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Itapira, Mogi Guaçu (que aplica outras restrições desde 2 de março), Mogi Mirim e Santo Antônio do Jardim.
PLAYLIST: veja notícias de Campinas e região
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Ciclista fica ferido após ser atingido por moto e arremessado em Campinas

Acidente aconteceu na tarde deste domingo (11), na Avenida John Boyd Dunlop. Homem...

Indaiatuba abre inscrições para apresentações culturais virtuais; artistas receberão R$ 750

Interessados precisam ter 18 anos ou mais e apresentar comprovante de endereço fixo na cidade. Materiais selecionados serão...

PATs da região de Campinas ofertam 324 vagas de emprego nesta segunda-feira; veja cargos

Relação inclui postos para diversos níveis de escolaridade e oportunidades exclusivas para PCDs. Em virtude da pandemia, unidades...

Moto fica partida após condutor atingir traseira de carro na Bandeirantes, em Campinas

Acidente foi na noite de sábado (10), em pista norte. Motociclista teve lesões graves, diz polícia. Moto partiu...

Covid-19: ação em Campinas lacra bar com 60 clientes e coberto por lona para 'disfarçar' abertura

Ação conjunta da Guarda e PM no Jardim São Domingos ocorreu na noite de sábado (10), segundo prefeitura....
- Advertisement -