segunda-feira, abril 12, 2021

Hospital de Sumaré inaugura 10 leitos em UTI Covid montada em centro cirúrgico


Com a ampliação, unidade passa a contar com 16 vagas de terapia intensiva exclusivas para tratamento da doença. Segundo a Unicamp, gestão dos leitos estão sob responsabilidade do estado. Leitos de UTI Covid montados dentro do centro cirúrgico oftalmológico do Hospital Estadual de Sumaré (SP)
HES-Unicamp/Divulgação
O Hospital Estadual de Sumaré (SP) abriu, nesta quinta-feira (18), uma nova UTI exclusiva para atendimento da Covid-19 com capacidade para atender 10 pessoas – cinco dos leitos já serão ocupados por pacientes que estão em outras unidades do centro de saúde.
A nova UTI fica dentro do centro cirúrgico oftalmológico e, com ela, o Hospital Estadual conta agora com 16 vagas de terapia intensiva exclusiva para tratamento da doença. O anúncio da ampliação havia sido feito pelo governo do estado após pacientes da cidade morrerem por Covid-19 na fila por leitos.
De acordo com a Unicamp, responsável pela gestão da unidade, todas as vagas estarão sob sobre a responsabilidade da Central Estadual de Regulação de Vagas (CROSS) e do Departamento Regional de Saúde (DRS-7).
“Os recursos financeiros de custeio dos novos leitos somam R$ 1,5 milhão e foram garantidos pela Secretaria de Estado da Saúde para três meses”, diz a Unicamp.
Área do Hospital Estadual de Sumaré
Reprodução / EPTV
Mortes de pacientes em Sumaré
Um idoso de 71 anos que pegou Covid-19 e tinha uma doença renal morreu na madrugada desta quarta (10), na UPA do Jardim Macarenko, à espera de um leito de UTI e realização de hemodiálise. A filha relatou à EPTV, afiliada da TV Globo, que ele aguardava pela transferência desde 6 de março.
Municípios da região pedem ajuda a vizinhos para evitar colapso na saúde
Na segunda-feira (8), um homem de 52 anos também foi a óbito enquanto aguardava por uma vaga de UTI em Sumaré. A família chegou a pedir a intervenção do Ministério Público, mas o paciente não resistiu às complicações da Covid-19. Ele também estava na UPA Macarenko.
Na sexta-feira (12), um homem de 59 anos morreu à espera de transferência para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele estava na UPA Macarenko e a família chegou a obter uma liminar para que fosse encaminhado a uma estrutura adequada, o que não ocorreu.
PLAYLIST: veja outros destaques da região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Avião da Azul faz pouso de emergência no Galeão após piloto relatar fumaça a bordo

Dois passageiros que se sentiram mal durante a situação precisaram ser atendidos pelo...

DIG prende suspeito e apreende fios roubados que seriam trocados por drogas em Indaiatuba

Policiais civis também localizaram porções de entorpecentes, simulacro de revólver, faca e cerca de R$ 2,5 mil em...

Em 100 dias, rede municipal atende o equivalente a 11% da população de Campinas com suspeita de Covid-19

Percentual representa cerca de 133 mil pessoas que procuraram consulta médica em UBSs, UPAs ou nos hospitais mantidos...

Campinas abre agendamento da vacinação contra Covid-19 para maiores de 67 anos

Cadastro deve ser feito no site, onde será informado horário e local de aplicação. Cidade conta com cinco...

Banco de leite da Maternidade em Campinas atinge nível mais crítico da pandemia; veja como doar

Hospital tem estoque de 139 litros, volume 30,5% inferior aos 200 indicados como mínimo ideal, e reivindica doações....
- Advertisement -