domingo, abril 18, 2021

Indaiatuba anuncia auxílio emergencial municipal de R$ 130 e prorroga vencimento de tributos


Projeto de lei ainda será encaminhado à Câmara de Vereadores na próxima sessão ordinária, informou o prefeito. Previsão é de que auxílio seja depositado entre o final de abril e o começo de maio. Fachada da Prefeitura Municipal de Indaiatuba (SP).
Eliandro Figueira/Prefeitura Municipal de Indaiatuba/Divulgação
A Prefeitura de Indaiatuba (SP) anunciou nesta quinta-feira (25) a criação do programa Renda Mínima Indaiatuba, que tem como objetivo oferecer um auxílio de R$ 130 para pessoas em situação de vulnerabilidade durante a pandemia. Além disso, a administração decidiu prorrogar a data de vencimento de tributos como IPTU e ISSQN – veja detalhes abaixo.
Em coletiva, o prefeito Nilson Gaspar (MDB) afirmou que o projeto de lei ainda será encaminhado à Câmara de Vereadores na próxima sessão ordinária. Caso a iniciativa seja aprovada, a previsão é de que os pagamentos sejam realizados entre o final de abril e o começo de maio.
Renda Mínima Indaiatuba
Como funciona:
Pagamento de auxílio mensal de R$ 130 por pessoa, e de R$ 20 por até 3 crianças com idade máxima de 14 anos;
Para receber a ajuda, é necessário ter realizado o cadastro no CadÚnico até 16 de janeiro deste ano. Além disso, só podem receber o auxílio moradores com renda per capita de até meio salário mínimo;
Interessados em receber o auxílio devem realizar o agendamento no site da prefeitura, e comprovar os dados cadastrais em um dos CRAS do município.
Os pagamentos serão realizados durante três meses, configurando um investimento municipal de R$ 2,6 milhões;
A previsão, segundo a prefeitura, é de ajudar cerca de 20 mil pessoas e 6 mil famílias.
Outras medidas
Além do programa de auxílio emergencial, a prefeitura anunciou a prorrogação, por noventa dias, das datas de vencimentos previstas para o período de 15 de março a 31 de maio de 2021, das parcelas de tributos municipais e preços, exceto em relação à cota única.
Prorrogação do vencimento das parcelas do IPTU empresarial e residencial por 3 meses, a partir de março, sem aplicação de multas e juros;
Prorrogação do vencimento do ISSQN fixo e de taxas e tarifas públicas, inclusive de vistoria, incidentes sobre a prestação de serviços de transporte de passageiros por táxi e de transporte de escolares, industriários, comerciários e profissionais de outras categorias a que se refere o decreto nº 10.399;
Prorrogação do vencimento de taxa de licença, localização e/ou funcionamento para o exercício de atividades industriais, comerciais ou de prestação de serviços;
Prorrogação do vencimento de preços públicos devidos pela ocupação de espaço público para funcionamento de atividades comerciais ou de prestação de serviços;
Suspensão do corte de água por três meses para residências com consumo de até 10 m³ e, no caso de comércios, até 20 m³.
A administração destaca que a prorrogação das datas de vencimento não implica em direito à restituição de quantias eventualmente já pagas. As medidas entram em vigor após publicação do decreto na Imprensa Oficial.
VÍDEOS: tudo sobre a região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Médica sanitarista e ex-diretora de Saúde de Campinas, Maria Haydée morre aos 69 anos

Defensora da saúde pública, Haydée também atuou como presidente do Conselho Municipal...

Em um dia, Conexão Solidária arrecada 163 toneladas de alimentos nas regiões de Campinas e Piracicaba

Terceira etapa da campanha organizada pela EPTV e prefeituras ocorreu neste sábado. Doações serão destinadas às famílias em...

Operação toque de recolher fecha 12 estabelecimentos e lacra 1 em Campinas nesta sexta

Balanço divulgado neste sábado (17) pela prefeitura mostra que, de 18 de março, data em que as fiscalizações...

Acidente em Valinhos deixa 5 feridos e mobiliza bombeiros de três cidades

Colisão entre dois veículos ocorreu na Estrada dos Jequitibás. Vítimas, dentre elas uma mulher que estaria grávida, foram...

Covid-19: cresce em 27% o número de vacinas em fase final de estudos

A corrida para o desenvolvimento de vacinas contra Covid-19 teve um aumento de 27% em novos antígenos em etapa final de testes — a...
- Advertisement -