segunda-feira, maio 17, 2021

Jovem é preso por venda de bebidas falsificadas por redes sociais em Paulínia


Segundo a investigação, foram encontradas pelo menos 137 garrafas divididas em dois imóveis. Ele confessou o crime. Polícia apreendeu bebidas falsificadas em Paulínia
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil prendeu, em Paulínia (SP), um jovem de 25 anos por venda de bebidas alcoólicas falsificadas. Segundo a investigação, foram encontradas pelo menos 137 garrafas divididas em dois imóveis.
O material seria revendido posteriormente, de acordo com o irmão do suspeito, que mora em uma das casas. A prisão aconteceu na segunda-feira (26).
O jovem confessou que quando comprou as garrafas, em Campinas (SP), sabia que elas não eram verdadeiras. Ele iria fazer a venda por um perfil de rede social.
As garrafas foram apreendidas e a falsificação foi atestada por um representante da Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe). O suspeito foi indiciado por adulteração de substância e encaminhado à uma unidade prisional.
VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Ultimas Notícias

Cidades da região de Campinas retomam vacinação contra Covid para grávidas e puérperas

Americana e Sumaré retomaram a imunização nesta segunda (17). Já Indaiatuba e Paulínia...

Filha de vítima de feminicídio em Piracicaba relata trauma do crime: 'saber que sou filha do assassino é difícil'

Crime ocorreu em 2019. Psicanalista diz que filhos de mulheres que foram mortas de forma violenta devem ter...

Santo Antônio de Posse aciona polícia após perder R$ 30 mil com furto de cabos que parou serviço de água; vídeo mostra crime

Câmera registrou momento em que furto é praticado por dois suspeitos, que ainda não foram localizados. Sem chuvas significativas há 71 dias,...

Trabalhar mais de 55 horas por semana aumenta risco de morte, diz estudo

O trabalho dignifica o homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...

Trabalhar demais pode matar do coração ou de AVC, diz estudo

O trabalho dignifica o Homem, diz o ditado. Trabalhar demais, no entanto, pode levá-lo a uma morte prematura por doenças do coração ou um...
- Advertisement -