segunda-feira, abril 12, 2021

Lotado, HC suspende atendimentos no PS e eletivas; Campinas tem um leito de UTI Covid livre no SUS


Única estrutura disponível na rede pública é de uso exclusivo para gestantes. Taxa de ocupação da metrópole subiu para 93,25%, com 304 pacientes internados. Lotado, HC da Unicamp suspende atendimentos no PS e eletivas
Reprodução/EPTV
O Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, em Campinas (SP), suspendeu nesta terça-feira (9) os atendimentos no pronto-socorro e as cirurgias eletivas devido à superlotação da unidade. Paralelamente, a cidade, que possui apenas um leito exclusivo para gestantes disponível no Sistema Único de Saúde (SUS), chegou a 93,25% de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para Covid-19.
Municípios da região pedem ajuda a vizinhos para evitar colapso na saúde
Acompanhe, dia a dia, a ocupação de leitos em Campinas
Segundo o HC, o encaminhamento de pacientes pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) está suspenso por 24 horas. Já as cirurgias eletivas permanecem suspensas até 26 de março.
Estão suspensos também os encaminhamentos feitos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e os atendimentos de resgate. De acordo com o hospital, a decisão foi tomada após uma reunião com o Grupo de Trabalho (GT) de crise.
Ocupação de UTIs Covid
Com 304 internados, Campinas registrou nesta terça um aumento de quatro pacientes em relação ao dia anterior, quando o total de pessoas em internação era o maior em seis meses. Há, segundo a prefeitura, 22 leitos livres; desses, 21 pertencem à rede particular.
Os leitos estão divididos da seguinte forma:
SUS municipal: 119 leitos, dos quais 118 estão ocupados (99,16%). Há 1 leito livre (exclusivo para gestantes).
SUS estadual: 30 leitos, dos quais 30 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
Particular: 177 leitos, dos quais 156 estão ocupados (88,14%). Há 21 leitos livres.
Hospital de campanha
Nesta segunda, o governador João Doria (PSDB) anunciou a abertura de um novo hospital de campanha para tratamento de pacientes com coronavírus na cidade. A instalação será realizada no Ambulatório Médico de Especialidades (AME), que contará com 20 leitos de UTI e 10 leitos de enfermaria, no decorrer do mês.
No dia 3 de março, o governo havia prometido abertura de ao menos 14 leitos de UTI na cidade. Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, afirmou ainda que outros 20 estão em estudo.
O AME Campinas já foi usado, por cinco meses em 2020, para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19, o que reforçou o número de leitos do estado na cidade. Em outubro, a unidade passou a realizar consultas de especialidades.
VÍDEOS: últimas notícias sobre a região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.

Ultimas Notícias

Ciclista fica ferido após ser atingido por moto e arremessado em Campinas

Acidente aconteceu na tarde deste domingo (11), na Avenida John Boyd Dunlop. Homem...

Indaiatuba abre inscrições para apresentações culturais virtuais; artistas receberão R$ 750

Interessados precisam ter 18 anos ou mais e apresentar comprovante de endereço fixo na cidade. Materiais selecionados serão...

PATs da região de Campinas ofertam 324 vagas de emprego nesta segunda-feira; veja cargos

Relação inclui postos para diversos níveis de escolaridade e oportunidades exclusivas para PCDs. Em virtude da pandemia, unidades...

Moto fica partida após condutor atingir traseira de carro na Bandeirantes, em Campinas

Acidente foi na noite de sábado (10), em pista norte. Motociclista teve lesões graves, diz polícia. Moto partiu...

Covid-19: ação em Campinas lacra bar com 60 clientes e coberto por lona para 'disfarçar' abertura

Ação conjunta da Guarda e PM no Jardim São Domingos ocorreu na noite de sábado (10), segundo prefeitura....
- Advertisement -