terça-feira, abril 13, 2021

Menino de 12 anos descobre fotografia de aves na pandemia


João Guimarães Leite aprendeu a colocar frutas no quintal para registrar os visitantes; atividade despertou paixão e ajuda a enfrentar o período de isolamento social. João coloca frutas no próprio quintal para atrair as aves.
João Guimarães Leite/Arquivo Pessoal
Se os adultos enfrentaram e ainda enfrentam dificuldades para lidar com a pandemia do novo coronavírus, com as crianças não é diferente.
Toda energia acumulada requer atenção e muito malabarismo por parte dos pais para entreter os filhos. Mas, em tempos difíceis, novas descobertas também aparecem.
Em Paulínia (SP), João de Oliveira Guimarães Leite, de apenas 12 anos, trocou o videogame e a televisão por uma câmera e se encantou pelo mundo da fotografia e observação de aves.
João Guimarães Leite descobriu uma nova paixão pela observação e fotografia de aves durante a pandemia.
João Guimarães Leite/Arquivo Pessoal
“Desde bem pequeno eu sempre gostei muito de todos os animais, fiz vários aniversários com esse tema. Mas foi na pandemia que resolvi colocar bananas no muro e começar a observar quem aparecia no meu quintal”, explica João.
O pai, Pedro de Oliveira Guimarães Leite, que é cientista da computação, conta que João, de fato, sempre amou os bichos: “Se a gente perguntasse se ele queria ir pra Disney ou para o Pantanal, a resposta com certeza seria o Pantanal”, brinca.
Ainda com uma câmera antiga usada em viagens, o menino começou a registrar os visitantes no próprio jardim, vizinhança e em trilhas isoladas que fazia com a família. Segundo ele, no início várias espécies eram desconhecidas.
A foto preferida do João Leite é o registro de uma polícia-inglesa-do-sul.
João de Oliveira Guimarães Leite/Arquivo Pessoal
“Foi meio que natural que comecei a pesquisar muito sobre as espécies tanto na internet quanto em livros, como também assistindo ao Terra da Gente. Ainda estou aprendendo e melhorando meus registros, mas hoje em dia tiro as fotos, baixo no computador, edito com a ajuda do meu pai e ainda coloco na minha página do WikiAves. Também comecei a desenhar as aves por pura diversão”, diz João.
Enquanto o tio fotógrafo se encarregou de doar uma câmera mais potente para o sobrinho, os pais incentivaram comprando uma lente adequada e investindo em livros sobre o assunto para ajudar na atividade do primogênito, que tem mais um irmão e uma irmã. “Ele passa horas estudando as aves e é impressionante o quanto ele já aprendeu. Eu e minha mulher sempre falamos que antes tudo era passarinho para gente, agora, por conta do João, já estamos sabendo sobre as diferentes espécies”, diz Pedro.
É muito bom quando você consegue uma foto boa, quando você vê um passarinho que você sempre quis ver. Dá uma sensação muito legal
João e o pai Pedro em uma trilha atrás de novos registros.
Thiago Leite/Arquivo Pessoal
João, que sonha em fotografar a raríssima saíra-apunhalada, a araponga, a arara-azul e a jacutinga, planeja se tornar biólogo ou quem sabe fotógrafo profissional. O plano é não se afastar da observação de aves nunca. Para crianças da mesma idade, ele dá a dica: “Coloquem frutas no quintal e simplesmente comecem a prestar mais atenção. É algo muito legal e em todo lugar tem alguma ave que vai aparecer”
De acordo com o pai, observar aves e fotografar os animais pode ser uma ótima opção de atividade para os mais novos, principalmente agora. “Funcionou como uma válvula de escape, uma forma saudável que ele achou de enfrentar o isolamento que acabou virando uma paixão muito legal”.
Entre os visitantes do quintal, o sanhaçu-cinzento sempre aparece.
João Guimarães Leite/Arquivo Pessoal
Confira outros registros
Apesar de se dedicar mais as aves, João também gosta de fotografar outros animais.
João Guimarães Leite/Arquivo Pessoal
Em viagem a Bertioga (SP), João registrou a savacu-de-coroa.
João Guimarães Leite/Arquivo Pessoal
A coruja-buraqueira foi avistada em Campinas (SP).
João Guimarães Leite/Arquivo Pessoal
Enquanto fazia uma trilha, o garoto também se deparou com essa aranha.
João Guimarães Leite/Arquivo Pessoal

Ultimas Notícias

Avião da Azul faz pouso de emergência no Galeão após piloto relatar fumaça a bordo

Dois passageiros que se sentiram mal durante a situação precisaram ser atendidos pelo...

DIG prende suspeito e apreende fios roubados que seriam trocados por drogas em Indaiatuba

Policiais civis também localizaram porções de entorpecentes, simulacro de revólver, faca e cerca de R$ 2,5 mil em...

Em 100 dias, rede municipal atende o equivalente a 11% da população de Campinas com suspeita de Covid-19

Percentual representa cerca de 133 mil pessoas que procuraram consulta médica em UBSs, UPAs ou nos hospitais mantidos...

Campinas abre agendamento da vacinação contra Covid-19 para maiores de 67 anos

Cadastro deve ser feito no site, onde será informado horário e local de aplicação. Cidade conta com cinco...

Banco de leite da Maternidade em Campinas atinge nível mais crítico da pandemia; veja como doar

Hospital tem estoque de 139 litros, volume 30,5% inferior aos 200 indicados como mínimo ideal, e reivindica doações....
- Advertisement -